Covid-19: para desacelerar variante ômicron, Alemanha limita convidados em festas de Réveillon

·1 min de leitura

Diante da ameça da variante ômicron, a Alemanha decidiu limitar o número de participantes nas festas de Ano Novo, mesmo entre os vacinados. O chanceler Olaf Scholz anunciou nesta terça-feira (21) que a quantidade de pessoas convidadas para as festas de Réveillon será limitada a dez.

"Não é o momento de fazer festa e celebrar com muita gente", disse o chanceler Olaf Scholz, depois de uma conversa com os 16 líderes regionais do país. Segundo ele, a quinta onda da Covid-19 ameaça o país.

A limitação dos convidados entrará em vigor a partir de 28 de dezembro e será válida para todas as reuniões privadas entre pessoas vacinadas. Para os que não se imunizaram, o limite de participantes deve ser no máximo dois, reiterou o chanceler.

Clubes e discotecas também fecharão as portas em todo o país. Em algumas regiões duramente atingidas pelas quinta onda da Covid-19, como a Baviera, as casas noturnas já não estão funcionando.

Além disso, todas as competições esportivas, principalmente os jogos de futebol, serão realizados sem público. Com a decisão, as partidas do campeonato alemão, previstas para serem retomadas em 7 de janeiro, ocorrerão sem torcedores nos estádios.

Contaminações aumentarão "de forma massiva"

Para o líder social-democrata, a propagação da variante ômicron pela Alemanha é apenas "uma questão de tempo". "O número de infecções vai aumentar de forma massiva nas próximas semanas e precisamos nos preparar a partir de agora", afirmou.

(Com informações da AFP)


Leia mais

Leia também:
Alemanha decreta lockdown parcial para não vacinados e flerta com vacina obrigatória para 2022
Alemanha cogita tornar vacinação anticovid obrigatória para toda a população
Na Alemanha, polícia confisca armas de inspiração medieval de extremistas antivacina

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos