Covid-19: Paris cancela queima de fogos de réveillon na Champs-Elysées

·1 min de leitura

A prefeitura de Paris anunciou neste sábado (18) o cancelamento de todas as festividades, inclusive a tradicional queima de fogos de artifício, planejadas para a avenida Champs-Elysées para celebrar a passagem para o ano de 2022, em face da retomada da epidemia de coronavírus na França.

Nesta sexta-feira (17), o primeiro-ministro francês, Jean Castex, anunciou a proibição de shows, fogos de artifício e aglomerações na noite de 31 de dezembro, entre uma série de outras medidas destinadas a conter a propagação da epidemia.

Tendo em vista o ressurgimento da pandemia e os novos anúncios do governo, a cidade de Paris lamenta ter que cancelar todas as festividades programadas para a Champs-Elysées em 31 de dezembro”, escreve a prefeitura da capital francesa em seu site e nas redes sociais. “Os fogos de artifício não serão disparados e os shows com DJs, infelizmente, não poderão acontecer este ano."

O cancelamento das apresentações de Jennifer Cardini, Maud Gefray e UR trax, artistas "representantes da electro music", foi decidido "contra a vontade" a pedido da prefeitura de Paris e da Agência Regional de Saúde, destacou Frédéric Hocquard, assistente de Anne Hidalgo encarregada de assuntos relacionados à vida noturna e economia cultural.

(Com informações da AFP)


Leia mais

Leia também:
Natal e Ano Novo sem festa: imprensa francesa destaca o fim de ano difícil dos franceses
Consumo consciente ou falta de grana? Natal com presentes de segunda mão é tendência na França
Europa tenta conter tsunami de casos de Covid com novas restrições e cerco a não vacinados

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos