Covid-19: Reino Unido registra maior número de mortes diárias desde maio

·2 minuto de leitura
Mulher anda na rua usando máscara em Manchester
Reino Unido enfrenta segunda onda de casos de covid-19 desde o fim de setembro

O Reino Unido registrou na terça-feira (27/10) o maior número de mortes por covid-19 em cinco meses.

Foram confirmados 367 óbitos, o nível mais alto desde maio. Com isso, o total de mortes no país causadas pelo novo coronavírus atingiu 45.365.

O Reino Unido teve desde o início da pandemia 920.660 casos, de acordo com a Universidade Johns Hopkins.

A alta do número de mortes diárias é considerada alarmante, mas deve ser contextualizada.

As estatísticas tendem a ser mais elevadas às terças-feiras por causa do atraso de notificações de mortes causados pelos finais de semana.

Estes óbitos ocorreram na verdade ao longo da última semana.

A segunda onda no Reino Unido

O Reino Unido enfrenta uma segunda onda da pandemia que levou à adoção de novas medidas de distanciamento social e quarentena.

Desde o final de setembro, quando acabou o verão, os números de casos, hospitalizações e mortes têm subido gradualmente, mas constantemente.

Nesta segunda onda, quando são analisadas as mortes de acordo com a data de sua ocorrência, o total diário não ultrapassou a marca de 200 óbitos.

Em comparação, na primeira onda de contágios de covid-19, foi registrado um pico de mil mortes diárias.

Aumento de casos ocorre em vários países da Europa

Rua quase vazia diante do Arco do Trinfo, em Paris
França voltou a adotar medidas de isolamento após novo aumento de infecções

O coronavírus está ressurgindo em muitas partes do mundo, com a Europa registrando o aumento mais acentuado de novos casos.

Isso fez com que Espanha e França se tornassem os primeiros desta região do mundo a ter mais de 1 milhão de casos.

A Espanha declarou estado de emergência e impôs toque de recolher noturno, medida também adotada pela França nas principais cidades do país.

A Itália ordenou o fechamento de bares, restaurantes, academias e cinemas, levando a protestos. E a República Tcheca estabeleceu um toque de recolher que vigora entre 21h e 4h59.

No mundo, já foram confirmados 43,7 milhões de casos desde que a covid-19 foi detectada na China em dezembro do ano passado e 1,16 milhão de mortes.

Mais sobre o coronavírus
Mais sobre o coronavírus
Banner
Banner

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!