Covid-19: São Paulo inicia vacinação de motoristas e cobradores de ônibus

·2 minuto de leitura
Cobradores e motoristas de ônibus começam a ser imunizados em São Paulo (Fabio Teixeira/Anadolu Agency via Getty Images)
Cobradores e motoristas de ônibus começam a ser imunizados em São Paulo (Fabio Teixeira/Anadolu Agency via Getty Images)
  • Cobradores e motoristas de ônibus começaram a ser imunizados no estado de São Paulo

  • Um dia antes, imunização de grávidas e puérperas foi retomada no estado

  • Capital paulista também anunciou que profissionais autônomos da saúde com pelo menos 30 anos poderão se vacinar a partir desta quarta-feira 

O estado de São Paulo deu início nesta terça-feira à vacinação contra Covid-19 de motoristas e cobradores de ônibus municipais e intermunicipais. A expectativa é de que 165 mil trabalhadores sejam imunizados.

Para ter direito à vacina, o funcionário deve apresentar dois documentos: um de identificação (preferencialmente o CPF) e outro comprovando o vínculo empregatício nesta função (como holerite ou crachá).

Leia também

Na última segunda-feira, foi retomada a vacinação de grávidas e puérperas maiores de idade com comorbidades, após suspensão em todo o estado por recomendação da Anvisa, que alertou para que imunizantes da AstraZeneca não fossem utilizados nesta faixa da população.

Já a partir de sexta-feira, a expectativa é de que pessoas com comorbidades ou deficiências permanentes, de idade entre 45 e 49 anos, sejam vacinadas.

Paulistas vêm enfrentando filas para receber a vacina contra Covid-19 (Mario Tama/Getty Images)
Paulistas vêm enfrentando filas para receber a vacina contra Covid-19 (Mario Tama/Getty Images)

Profissionais da saúde acima de 30 começam a ser vacinados na quarta

Também nesta terça-feira, o novo prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), anunciou que profissionais de saúde autônomos, com pelo menos 30 anos, começarão a ser vacinados na cidade nesta quarta-feira. Eles receberão doses da AstraZeneca e da Pfizer.

O anúncio foi feito justamente quando Nunes acompanhava o início da vacinação contra Covid-19 para motoristas e cobradores de ônibus, em visita ao Mega Posto Jardim São Luís, na Zona Sul da capital.

Os profissionais que atuam na linha de frente do combate ao vírus já vinham sendo vacinados desde janeiro, mas a lista para profissionais autônomos foi sendo atualizada aos poucos, de acordo com a disponibilidade de imunizantes.

Confira os trabalhadores de saúde que podem ser vacinados:

  • médicos

  • enfermeiros/técnicos auxiliares

  • nutricionistas

  • fisioterapeutas/terapeutas ocupacionais

  • biólogos

  • biomédicos

  • técnicos de laboratório que façam coleta de RT-PCR SARS-CoV2 e análise de amostra de Covid-19

  • farmacêuticos

  • técnicos de farmácia

  • odontólogos

  • auxiliares de saúde bucal

  • técnicos de saúde bucal

  • fonoaudiólogos

  • psicólogos

  • assistentes sociais

  • profissionais de educação física

  • médicos veterinários

Atualização do “vacinômetro”

A última atualização do “vacinômetro”, nesta manhã de terça-feira, indica que 14.817.442 vacinas já foram aplicadas no estado de São Paulo, sendo 9.728.405 primeiras doses e 5.089.037 segundas. Já na capital, de acordo com números da última segunda, foram 4.172.060 imunizantes, sendo 2.729.387 primeiras doses e 1.442.673 segundas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos