Covid-19: São Paulo passa de 4 mil mortes pelo novo coronavírus

Entre terça e quarta, São Paulo registrou 169 novos óbitos. (Foto: Victor Moriyama/Getty Images)

O estado de São Paulo ultrapassou, nesta quarta-feira (13), o patamar de 4 mil mortos pela Covid-19. As informações foram confirmadas pelo secretário estadual de Saúde, José Henrique Germann, que atualizou para 4.118 o número de mortos em decorrência do novo coronavírus.

“Nós temos 4.118, sendo nas últimas 24 horas um total de 169 óbitos, aproximadamente 3%”, afirmou ele, na coletiva de atualização da situação da Covid-19, no Palácio dos Bandeirantes. A taxa de letalidade da doença em São Paulo é de 8,3%, acima do patamar nacional, de 6,8%.

Leia também

Ao todo, o estado registrou 51.097 casos doença, dos quais 3.378 infecções foram confirmadas entre terça e quarta-feira. São Paulo lidera o infeliz ranking de estados mais atingidos pela pandemia do novo coronavírus.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Os dados nacionais passados na coletiva se referem à atualização de terça-feira (12) feita pelo Ministério da Saúde. No momento, o Brasil tem 177.589 infectados confirmados com Covid-19, além do registro oficial de 12.400 óbitos

AVANÇO AO INTERIOR

A velocidade no número de mortes é maior no interior e litoral do estado do que na região da Grande São Paulo. Desde o dia 30 de abril, o crescimento das mortes da Covid-19 no interior e litoral foi de 68%, enquanto os óbitos na Região Metropolitana da capital aumentaram 63%.

Na data inicial, os municípios do interior e litoral tinham 361 mortes registradas, e que subiram para 526 no dia 11 deste mês, o equivalente a 68%. No dia 30 de abril, a região da Grande SP registrava 2.014 óbitos, evoluindo para 3.183, representando um aumento de 63%.

Ao todo, 177 municípios do estado têm mortes confirmadas em decorrência do novo coronavírus. Até agora, são 47.711 casos confirmados do novo coronavírus, além de 3.950 mortes registradas em todo estado de São Paulo.

O número de casos registrados nas cidades do interior e litoral também preocupa. Nos últimos 11 dias, praticamente dobraram as confirmações de infectados, passando de 4.389 para 8.733 casos, um aumento de 99%.

“Trouxemos há 2 semanas o alerta que o crescimento estava se dando de forma muito acelerada. E hoje a realidade que nos encontramos dispõe exatamente o que colocamos. Dobrou o número de casos no interior do estado”, explicou Marco Vinholi, secretário de Desenvolvimento Social.

Somente na última semana de abril, 40 novas cidades registraram casos da Covid-19. Esse número praticamente dobrou na primeira semana de maio, com 85 novas cidades. A estimativa de Vinholi é que todas as 645 cidades do estado tenham casos confirmados até o fim deste mês. “Cerca de 200 municípios não tem nenhum caso registrado ainda”, afirmou o secretário.

Todos os municípios com mais de 70 mil habitantes já tem, pelo menos, um caso confirmado. “Temos uma alta preocupação, um alerta para o interior do estado. Todas as regiões tem uma aceleração, um aumento no número de casos e é fundamental que possamos seguir com isolamento social e utilização de máscara”, completou Vinholi.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.