Covid-19: Tribunal de Justiça do Rio determina volta dos servidores ao trabalho presencial a partir de 2 de agosto

·1 minuto de leitura

Servidores, terceirizados e estagiários do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) que já estejam completamente imunizados contra a Covid-19 (com vacina de duas doses ou dose única) deverão voltar ao trabalho presencial a partir desta segunda-feira, 2 de agosto. O retorno está condicionado ao prazo de 15 dias após a aplicação do imunizante.

Aqueles que estão na faixa etária ou no grupo de prioridade já contemplados pela campanha de vacinação, mas optaram por não tomar a vacina, também estão obrigados a regressar aos fóruns. Já os profissionais que estão imunizados, mas têm contraindicações médicas para o retorno ao trabalho presencial por pertencerem a grupo de risco, precisam encaminhar laudo ao Departamento de Saúde (Desau) do TJRJ.

A determinação foi publicada no Ato Executivo 118/2021, assinado pelo presidente do TJRJ, desembargador Henrique Carlos de Andrade Figueira. A medida considerou o número de servidores já vacinados e a atual ocupação de leitos de Covid-19 no estado do Rio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos