Covid-19: Veja como fica o calendário de vacinação no Rio, Niterói e outras cidades da Região Metropolitana com a chegada de novas doses

Pâmela Dias*
·12 minuto de leitura

RIO — Com o repasse de 444 mil doses da vacina CoronaVac pelo governo estadual, cidades da Região Metropolitana começaram a alterar o calendário de vacinação contra a Covid-19. A expectativa é que até a quinta-feira, dia 18, todas os municípios sejam reabastecidos. No capital fluminense, a Secretaria municipal de Saúde divulgou que o calendário vacinal será retomado já nesta quarta-feira, dia 17, atendendo idosos com 76 anos. Além disso, a prefeitura passará a atender homens e mulheres em dias alternados.

As cidades de Niterói, São Gonçalo e Maricá também receberam novas doses e dão prosseguimento ao calendário vacinal divulgado no início da semana.

Em contrapartida, as cidades de Belford Roxo, Duque de Caxias e Guapimirim seguem com o calendário suspenso nesta quarta-feira. As prefeituras aguardam a disponibilização de novas doses pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), para dar continuidade à imunização nas faixas etárias afetadas.

Confira o calendário completo e atualizado de todas da Região Metropolitana do Rio.

A Prefeitura do Rio divulgou, no fim da noite de terça-feira, o novo calendário que dará continuidade à vacinação na capital. Nesta quarta-feira, dia 17 de março, idosos de 76 anos serão imunizados. Nos dois dias seguintes, porém, há uma novidade: com intuito de evitar aglomeração nos postos, as doses vão ser aplicadas com separação por gênero.

A quinta-feira, dia 18, será destinada apenas às mulheres de 75 anos. No dia seguinte, para evitar grandes buscas na mesma data, será a vez dos idosos homens da mesma faixa etária.

A vacinação em domicílio continua sendo feita em idosos cadastrados. Em nota, a prefeitura informou que “aqueles que já solicitaram a vacinação em domicílio serão atendidos nos próximos dias, conforme cronograma das unidades de referência para os respectivos endereços, por toda a cidade. O prazo para a vacinação é de até 30 dias a partir da data da solicitação”.

A realização da vacinação considera o grupo etário de 60 anos ou mais que estejam restritos ao leito ou com dificuldade de locomoção. A imunização é feita de forma gradativa, conforme disponibilidade de doses. Para fazer o cadastro, a família deve se dirigir à unidade de referência de seu endereço, que pode ser consultada no serviço Onde ser Atendido, ou preencher o cadastro no link smsrio.org/agendamentovacina.

A Uerj realiza nesta quarta-feira apenas a repescagem de pessoas de 76 anos ou mais que ainda não se vacinaram, no portão 1 do campus Maracanã. O atendimento é realizado apenas para pedestres. De acordo com a prefeitura, aplicação da segunda dose em drive-thru será retomada apenas no dia 25 de março para as pessoas que estão agendadas para retorno. Caso a imunização esteja marcada para antes desta data, o idoso deve recorrer a outras unidades com o comprovante da primeira dose.

A prefeitura informou nesta quarta-feira, dia 17, que o calendário de vacinação segue suspenso até o envio de novos imunizantes pelo governo do estado à cidade. A previsão é que novas doses cheguem nesta quinta-feira. Após o reabastecimento do estoque, a Secretaria municipal de Saúde divulgará novo cronograma. Por enquanto, nesta quarta a cidade continua com a aplicação da segunda dose em pessoas que já foram vacinadas na primeira etapa, e com a imunização de idosos acamados com a primeira dose.

A vacinação foi suspensa nesta quarta-feira em todas as unidades de atendimento da cidade, devido à falta de estoques. Na madrugada desta terça-feira, idosos e parentes formaram longas filas na policlínica Neuza Brizola, no Centro da cidade, para garantir a vacinação. Mesmo dormindo na fila, muitas pessoas não conseguiram senha.

Nesta quarta-feira, a vacinação na cidade segue suspensa e a prefetura realiza apenas a aplicação da segunda dose em quem está agendado e da primeira em idosos acamados. De acordo com a Secretaria municipal de Saúde, o governo federal ainda não informou quando e nem quantas vacinas serão destinadas ao município. No entanto, em nota, a SES apontou que a expectativa é que todo o Rio de Janeiro seja reabastecido com vacinas até esta quinta-feira, dia 18.

A aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19 na cidade segue suspensa. A prefeitura aguarda a chegada de novos imunizantes nesta quinta-feira, dia 18, para dar continuidade ao calendário de vacinação para o grupo de 77 anos ou mais.

A Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil informou que todos os idosos que não puderam comparecer aos pontos de vacinação instalados no município nesta segunda-feira, para receber a segunda dose da vacina, devem se dirigir ao Centro Municipal de Saúde de Duque de Caxias até esta sexta-feira, dia 19, a partir das 9h.

Os idosos deverão procurar o setor de vacinação do CMSDC, na Rua General Gurjão s/n – Centro, com cartão de vacinação e documento de identificação.

A prefeitura informou que restam apenas 15 doses vacinas para aplicação da primeira dose em idosos com 75 anos nesta quarta-feira, dia 16, na Clínica da Família Jacutinga. Na Clínica da Família São José, o estoque está zerado. A cidade receberá, nesta quinta-feira, novas doses para finalizar a imunização de idosos a partir de 75 anos e de profissionais da saúde. Novo calendário dependerá da quantidade de vacinas que o governo estadual disponibilizará à cidade.

A segunda dose da vacina segue sendo aplicada. No entanto a cidade está com o estoque quase zerado e aguarda a chegada de novos imunizantes esta semana.

É preciso apresentar cartão do SUS, CPF e comprovante de residência para ser vacinado. No caso dos profissionais de saúde, é necessário apresentar também uma declaração que comprove o vínculo ativo do trabalhador com o serviço de atendimento à linha de frente.

A vacinação contra Covid-19 para idosos de 75 anos ocorre nesta quarta-feira, nos 16 polos de referência da vacinação espalhados pelo município, das 10h às 15h. A cidade receberá novos imunizantes nesta quinta-feira, dia 18.

Para a população já vacinada, cujo prazo de intervalo fixado em 21 dias tenha sido atingido, a nova vacinação será realizada na próxima quarta-feira (17).

Nesta quarta-feira (17), são vacinados na cidade idosos com 76 anos. Já na quinta (18) e sexta-feira (19), aqueles com 75 anos serão imunizados. A Secretaria municipal de Saúde de Niterói recebeu 8.910 doses da vacina CoronaVac, destinadas à primeira dose da imunização contra a Covid-19. A entrada nas policlínicas e no posto do Clube Central é autorizada das 8h às 16h, com imunização até as 17h. Já a vacinação no drive-thru vai das 8h às 17h.

As imunizações para segunda dose estão separadas e sendo realizadas paralelamente à primeira dose.

A população pode consultar qual grupo está sendo convocado para a imunização nas redes sociais, no site oficial da Prefeitura (http://www.niteroi.rj.gov.br) e pelo número 153.

Até o sábado, dia 20, a cidade vacinará pessoas com 72, 73 e 74 anos de idade. Além disso, a prefeitura realiza a repescagem de idosos com 75 anos ou mais, que ainda não receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Profissionais de saúde com mais de 60 anos, que estejam com a carteira profissional ativa, também estão sendo vacinados. O horário de atendimento é das 9h às 15h, tanto para primeira dose quanto para a segunda e é preciso que cada pessoa observe a data de retorno no cartão de vacina.

Nesta quarta-feira segue a vacinação em idosos com 75 anos ou mais, além de profissionais de saúde que estão atuando na linha de frente de combate à covid-19. Para tomar a segunda dose, é necessário fazer o agendamento. A Secretaria municipal de Saúde começará a imunizar idosos com 73 anos ou mais nesta quinta-feira, dia 18.

Para se vacinar, é preciso comparecer a uma das unidades de saúde, das 9h às 15h, com máscara de proteção e documento de identidade, CPF, comprovante de residência e cartão do SUS. Os profissionais de saúde devem apresentar documentação comprobatória de vínculo ativo.

Para contemplar idosos acamados, a Secretaria municipal de Saúde criou um sistema de agendamento online. Acesse neste link https://bit.ly/3eiYl6F.

Nesta quarta, dia 17, são vacinados na cidade idosos com 72 anos. Na quinta, serão imunizados idosos na faixa dos 71 anos e, por fim, na sexta, pessoas com 70 anos. Todas as faixas etárias que já tomaram a primeira dose podem se dirigir na data indicada na caderneta de vacinação para receber a segunda dose. A cidade espera receber novas doses da vacina nesta quinta-feira, dia 18.

Nesta quarta-feira, dia 17, a vacinação segue na cidade para idosos a partir de 76 anos. De quinta-feira a sábado, dia 20, será iniciada a imunização de pessoas a partir de 75 anos. A Secretaria municipal de Saúde de São Gonçalo retirou 12.880 doses da vacina CoronaVac da Coordenadoria Geral de Armazenamento (CGA) do Governo do Estado, no Barreto, em Niterói, na manhã desta quarta-feira. Toda a remessa será usada para a primeira dose. Outras 10.090 doses de CoronaVac foram retiradas, na manhã de terça-feira, para serem usadas como segunda dose.

A segunda dose da CoronaVac está sendo aplicada naqueles que têm mais de 21 dias de vacinados. É preciso levar o comprovante da primeira dose. Quem não levar o documento ou apresentar comprovante de outra cidade não será vacinado.

Idosos acamados com mais de 80 anos estão sendo vacinados em casa. Parentes e responsáveis de idosos com mobilidade reduzida com mais de 79 anos podem procurar unidades de saúde mais próximas para cadastrar o idoso para receber a vacina em casa. As vacinas já estão reservadas para os acamados, que serão vacinados dependendo da disponibilidade das equipes.

Nesta quarta e quinta-feira, serão vacinadas na cidade pessoas com 74 anos. Já na sexta-feira, dia 19, acontece a repescagem para os idosos com idade igual ou acima de 74 anos que ainda não foram vacinadas. De acordo com a prefeitura, a cidade receberá novas doses do imunizante nesta quinta-feira.

Nessa quinta e sexta-feira a prefeitura vacina também os profissionais da saúde com idade igual ou acima de 55 anos, residentes no município e com a carteira do conselho profissional ativa

Para os profissionais de saúde e para os idosos maiores de 78 anos vacinados entre 20 de janeiro e 5 de março, a aplicação da segunda dose acontece até a próxima sexta-feira (19), respeitando o intervalo de 14 a 28 dias entre a primeira e a segunda dose. Quem tiver ultrapassado esse prazo, também poderá comparecer para garantir a imunização completa.

No ato da imunização, é necessário apresentar carteira de identidade, comprovante de residência, CPF e cartão SUS. A cidade tem 15 pontos de vacinação, com horário de funcionamento das 8h30m às 16h.

A aplicação da primeira dose contra a Covid-19 em idosos com 75 anos ou mais vai até esta sexta (19), nas unidades de Saúde e Estratégia de Saúde da Família, das 10h às 16h. É necessário levar CPF ou cartão do SUS e identidade, além de cartão de vacinação.

As datas das segundas doses são realizadas de acordo com o calendário da primeira dose: de 14 a 28 dias após a primeira aplicação, no caso da CoronaVac, e no período de 12 semanas no caso da Oxford/AstraZeneca.

Esta quarta-feira, é o último dia de vacinação em idosos a partir de 76 anos. Nesta quinta-feira, dia 18, o cronograma será ampliado para atender pessoas com 75 anos ou mais. A prefeitura também está disponibilizando duas equipes volantes para vacinar idosos acamados com 75 anos, em locais ainda não atendidos. A expectativa é que novas doses cheguem à cidade nesta quinta-feira.

Para tomar a segunda dose é necessário levar o RG, CPF, comprovante de residência e cartão de vacinação. Os idosos serão imunizados nos mesmos postos, a partir da data que consta no cartão.

Esta semana a cidade segue vacinando idosos de 80 a 84 anos. De acordo com a prefeitura, o município recebe nesta quarta-feira novas doses de vacina. Por não saber quando e nem quantas doses o governo estadual disponibilizará à cidade, o cronograma de vacinação é feito por etapas, de acordo com o quantitativo recebido. Nos próximos dias, a Secretaria municipal de Saúde disponibilizará novo calendário, contemplando outros grupos prioritários.

A vacinação de idosos acontece em domicílio, a partir do cadastro elaborado pelos Agentes Comunitários de Saúde em cada bairro.

O município continua vacinando idosos com 75 anos de idade ou mais nesta semana, entre 9h e 17h. De acordo com a prefeitura, nova remessa de imunizantes chegará ao município nesta quinta-feira, dia 18. Assim que o governo do estado divulgar quantas doses a cidade receberá, a Secretaria municipal de Saúde definirá novo calendário de vacinação.

Paracambi também aplica durante a semana a segunda dose em quem recebeu a primeira, de acordo com o espaço de tempo determinado entre elas. Ou seja, quem tomou a primeira dose, automaticamente garante a segunda.

Nesta quarta-feira são vacinadas pessoas com 79 anos. Na quinta, idosos com 78 anos e na sexta, daqueles que têm 77. Na semana seguinte, o calendário segue com a imunização de idosos com até 75 anos. A cidade receberá novas doses da vacina nesta quinta-feira, dia 18.

Nesta quarta-feira a cidade dará início a vacinação em idosos com 73 e 74 anos. Caso o município receba novas doses da vacina nesta quinta-feira, como está previsto, a prefeitura estenderá a faixa etária para idosos de 70 a 74 anos.

As segundas doses continuam sendo administradas em todas as unidade de saúde onde foram realizadas a primeira, em data agendada por meio de agentes comunitários para evitar o desperdício de imunizantes.

Nesta semana serão vacinados idosos entre 74 e 70 anos. A cidade tem postos de vacinação diferenciados para cada dia da semana, mas na Escola Metodista e no sistema Drive-thru o atendimento acontece todos os dias, das 09h às 16h. Todos que receberam a primeira dose da vacina possuem a segunda garantida. A cidade receberá novas doses do governo federal nesta quinta-feira, dia 18. Confira calendário:

Nesta quarta-feira recebem a primeira dose da vacina na cidade idosos a partir dos 78 anos e profissionais da saúde. A imunização seguirá através do sistema de distribuição de senhas, no horário das 9h às 15h.

* Estagiária sob supervisão de Claudia Meneses