Covid-19: Rio confirma transmissão local de variante brasileira e do Reino Unido

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Coronavirus vacciation in Rio de Janeiro, Brazil, on February 17, 2021. (Photo by Fabio Teixeira/NurPhoto via Getty Images)
Coronavirus vacciation in Rio de Janeiro, Brazil, on February 17, 2021. (Photo by Fabio Teixeira/NurPhoto via Getty Images)

O governo do Rio de Janeiro confirmou que já existe transmissão local das variantes brasileira e do Reino Unido do coronavírus no estado. A informação foi divulgada no fim da noite desta quinta-feira (18).

Tanto a secretaria estadual de Saúde quanto a secretaria municipal da mesma área estavam investigando o histórico dos pacientes para saber onde eles foram infectados.

Leia também:

Segundo as autoridades, quatro pacientes sem registro de viagens foram contaminados com as novas cepas — um quinto paciente, também com o vírus, veio de Manaus.

Dos quatro casos registrados com a cepa da capital do Amazonas, dois são moradores da capital e estão recuperados; há também um paciente transferido de Manaus que permanece internado no Hospital dos Servidores; e o outro é um morador de 55 anos de Belford Roxo, que não resistiu e morreu.

Já o paciente contaminado com a cepa do Reino Unido é morador da capital e também está recuperado.

A Subsecretaria de Vigilância em Saúde, da Secretaria Estadual de Saúde, alerta para a possibilidade do vírus estar circulando por outros municípios, já que a capital fluminense recebe muitas pessoas de outras cidades, sobretudo da Região Metropolitana.

A variante brasileira, descoberta em Manaus (AM), foi chamada de P1. A linhagem identificada no Reino Unido é a VOC 202012/01.

Além do Rio, São Paulo, Pará, Roraima e Ceará também já tinham mapeado pacientes com a P1.