Covid: Saúde vai recomendar 4ª dose da vacina para pessoas a partir de 50 anos

Atualmente, quarta dose da vacina contra a covid-19 é aplicada em pessoas imunossuprimidas e em maiores de 60 anos (Foto: Getty Images)
Atualmente, quarta dose da vacina contra a covid-19 é aplicada em pessoas imunossuprimidas e em maiores de 60 anos (Foto: Getty Images)

Resumo da notícia

  • Ministério da Saúde vai recomendar quarta dose da vacina para pessoas a partir dos 50 anos

  • Atualmente, quarta dose é aplicada em maiores de 60 anos e imunossuprimidos

  • Marcelo Queiroga afirmou que é natural que imunidade caia e, por isso, reforço é importante

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou nesta quinta-feira (2) que a quarta dose da vacina contra a covid-19 passará a ser recomendada para a população a partir de 50 anos. Até agora, apenas aqueles com mais de 60 e imunossuprimidos podem tomar o reforço.

“A segunda dose de reforço já está autorizada para 60 anos e vamos ampliar para 50. Nós temos vacinas. O governo federal se preparou para isso”, declarou Queiroga nesta manhã.

O ministro lembrou ainda que, com o tempo, a efetividade da vacina cai e, por isso, reforçar a imunização é uma estratégia importante. Queiroga também afirmou que o aumento no número de casos da doença era esperado, em especial pela flexibilização das medidas de prevenção.

A nota técnica do Ministério da Saúde, que recomendará a quarta dose para aqueles a partir dos 50 anos, está sendo preparada pela parte.

Em relação ao uso de máscaras, Marcelo Queiroga afirmou que a adoção do item de proteção é um direito individual e ninguém está proibido de usar máscaras. Ao mesmo tempo, o ministro descartou uma norma que obrigue o uso do item.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos