Covid: SP vê número de internados crescer, mas número é 20% do que foi em janeiro

Casos de covid aumentaram 251,8% entre 30 de abril e 30 de maio (Foto: Getty Images)
Casos de covid aumentaram 251,8% entre 30 de abril e 30 de maio (Foto: Getty Images)

Resumo da notícia

  • Número de internados com covid na cidade de São Paulo aumentaram de 56 para 197 entre 30 de abril e 30 de maio

  • Apesar do aumento, número ainda é expressivamente menor do que em janeiro

  • Cidade liberou uso de máscaras em táxis e carros de transporte por aplicativo

A cidade de São Paulo teve uma alta de 251,8% no número de pacientes internados com covid-19 em relação ao último mês. A contagem inclui tanto os leitos de UTI quanto os de enfermaria.

Segundo os dados, divulgados pelo jornal O Estado de S. Paulo, em 30 de abril, o número de internados com covid era de 56 pacientes. Em 30 de maio, eram 197 pessoas em leitos de UTI ou de enfermaria.

Ainda assim, o índice de pessoas internadas com a doença está muito abaixo do que era em janeiro, no auge do surto da variante ômicron. Em 30 de janeiro, eram 873 internações em decorrência da covid-19.

De acordo com o Estadão, atualmente, 86 pessoas com covid estão em leitos de UTI, enquanto 111 estão em enfermarias. A taxa de ocupação em unidades de terapia intensiva é de 48%, enquanto em leitos comuns é de 38%.

Na cidade, a população já não era mais obrigada a usar máscaras em locais fechados e, recentemente, caiu também a necessidade de utilizar o item de proteção individual em táxis e carros de aplicativo. No transporte público e em locais de prestação de serviços de saúde a obrigatoriedade está mantida.

São Paulo começou a vacina adolescentes de 12 a 17 anos com a terceira dose, com objetivo de aumentar a população imunizada. Idosos com mais de 60 anos, que tenham tomado a terceira dose há mais de 4 meses, podem tomar a quarta dose.

A Secretaria Municipal de Saúde da cidade de São Paulo confirma que há uma tendência de alta no número de casos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos