Covid: Tripulação testa positivo e voo com vacina para crianças do Piauí é cancelado

·2 min de leitura
Covid: Tripulação testa positivo e voo com vacina para crianças do Piauí é cancelado
Covid: Tripulação testa positivo e voo com vacina para crianças do Piauí é cancelado (Foto: Getty Images)
  • Covid: Tripulação testa positivo e voo que levaria vacinas é cancelado

  • Logística de distribuição das doses para os municípios será refeita

  • Brasil recebeu nesta quinta-feira (13) doses da Pfizer para vacinar crianças

O voo que levaria doses da Pfizer para imunizar crianças de 5 a 11 anos contra a covid-19 para o Piauí foi cancelado nesta sexta-feira (14) após a tripulação do voo testar positivo para a doença.

Conforme nota divulgada pelo governo do estado, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) aguarda comunicado do Ministério da Saúde informando a nova programação de voo.

Devido o acontecimento, a logística de distribuição das doses para os municípios será refeita pela Coordenadoria de Imunização.

Voo para Minas Gerais é cancelado

Foi cancelado o voo que chegaria às 8h15 no aeroporto de Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte, com a primeira remessa para Minas Gerais das doses pediátricas da vacina da Pfizer contra a covid-19.

A informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde do Estado de Minas Gerais. Em nota a pasta destacou que aguarda a nova previsão.

"A SES-MG informa que o voo programado para trazer, nesta sexta-feira (14/01), as doses de Pfizer destinadas às crianças de 5 a 11 anos, foi cancelado. A Secretaria aguarda comunicado do Ministério da Saúde com a nova previsão".

O primeiro lote com 1,2 milhões de doses do imunizante chegou ao Brasil na madrugada de quinta-feira (12).

As primeiras a serem imunizadas serão as crianças de 11 anos até chegar aos de 5 anos com prioridade para aquelas com comorbidades. O intervalo entre as doses será de 8 semanas.

Em relação ao cronograma de entregas das doses, o Ministério da Saúde informou que serão garantidas 3,7 milhões em janeiro e, no total, até o fim do primeiro trimestre, 20 milhões deverão estar disponíveis.

Coronavac para crianças: Anvisa entra na fase final de avaliação

Mais uma reunião entre a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e os representantes do Instituto Butantan foi feita na quinta-feira (13) para discutir a possibilidade de aplicação da vacina Coronavac em crianças e adolescentes de 3 a 17 anos.

A Anvisa informou que a análise entrou na etapa final. Com isso, o relatório da área técnica será votado em reunião extraordinária da diretoria colegiada da entidade, mas a data desse encontro ainda não foi marcada.

Neste momento, apenas o imunizante da Pfizer recebeu aval da Anvisa para ser usado na faixa etária de 5 a 11 anos, mas a Agência já começou a avaliar o pedido feito para a Coronavac.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos