Cozinheira morre após panela de pressão explodir em restaurante no DF

Cozinheira morreu após explosão no restaurante - Foto: Reprodução/Facebook
Cozinheira morreu após explosão no restaurante - Foto: Reprodução/Facebook
  • Cozinheira morreu após a explosão de uma panela de pressão em um restaurante em Ceilândia

  • Ela foi socorrida com quadro de parada cardiorrespiratória, reanimada, mas não resistiu

  • Outras duas pessoas ficaram feridas no episódio, mas sem gravidade

Uma mulher de 32 anos morreu no último domingo (8) após ser atingida pela explosão de uma panela de pressão no restaurante onde trabalhava como cozinheira no Distrito Federal.

Segundo informações do portal Metrópoles, a vítima foi identificada como Jade do Carmo Paz Gabriel. Ela era natural de Caxias, no Maranhão, e vivia em Ceilândia com a esposa e o filho.

No domingo, a cozinheira estava em seu expediente no restaurante Tavares, em Ceilândia, quando aconteceu a explosão.

Testemunhas contataram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF).

Os socorristas encontraram Jade com quadro de parada cardiorrespiratória e realizaram trabalho de reanimação por quase uma hora, mas a vítima não resistiu.

Outros feridos

A explosão deixou feridas outras duas mulheres que trabalham no restaurante. Elas, porém, sofreram lesões sem gravidade, foram atendidas pelos socorristas e sequer precisaram ser encaminhadas ao hospital.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos