CPI da Covid é ‘perde-perde’ e país está antecipando o ciclo eleitoral, diz Guedes

·2 minuto de leitura

BRASÍLIA — O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que a CPI da Covid, em andamento no Senado, é um “perde-perde”. Para o ministro, o Brasil está “antecipando o ciclo eleitoral” e o “ganha-ganha” é o avanço da vacinação contra o coronavírus e a aprovação de reformas.

Guedes deu as declarações ao participar de uma transmissão ao vivo com o empresário Abílio Diniz. Primeiro, o ministro elogiou o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) e, nesse contexto, citou a CPI da Covid.

— A Câmara dos Deputados está sendo muito bem conduzida pelo deputado Arthur Lira, porque ele abraçou a pauta de reformas, está avançando em alta velocidade. O Senado é reformista também, mas está um pouco embaralhado porque tem essa CPI. Resultado: aquilo ali vira um perde-perde — disse Guedes.

O ministro reforçou:

— Um chama o (outro) de bandido, o outro chama o outro de estar matando gente. Quer dizer, é um perde-perde enorme.

Paulo Guedes voltou a comparar a CPI a um tribunal de guerra com a guerra em andamento, como já fizera em entrevista a GLOBO publicada em maio.

— Eu não vou me meter na política, mas eu sempre dizia que tanto para distribuir medalhas, ou seja, para dar aumentos de salários para funcionalismo em geral, quanto para apurar culpa, que é o tribunal de guerra, primeiro você espera a guerra acabar. Nós estamos em pleno combate à pandemia. Você precisa acabar a guerra. Quando acabar a guerra você dá medalha para quem trabalhou direito e dá punição no tribunal de guerra para quem cometeu crime de guerra — considerou.

Para o ministro, isso está ocorrendo por conta das eleições presidenciais do próximo ano.

— Nós estamos um pouco apressados. Talvez pelo problema da eleição. Nós estamos antecipando o ciclo eleitoral. Isso não é muito bom pro país. Melhor que o país é o ganha-ganha, da vacina e das reformas — acrescentou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos