CPI da Covid: Depoente diz não se lembrar de salário e opta por silêncio

·2 minuto de leitura
Ex-secretário-executivo da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos da Anvisa, José Ricardo Santana. (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)
Ex-secretário-executivo da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos da Anvisa, José Ricardo Santana. (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)
  • José Ricardo Santana afirmou que não se lembrava de quanto ganhava por mês quando estava na Anvisa

  • Após deixar a instituição, ele informou que ocupou um cargo não remunerado no Ministério da Saúde

  • De acordo com os senadores da CPI da Pandemia, o salário dele na Anvisa era de cerca de R$35 mil

O ex-secretário da Anvisa José Ricardo Santana afirmou que não se lembrava de quanto ganhava por mês quando estava na Agência e que, após deixar a instituição, ocupou um cargo não remunerado no Ministério da Saúde. De acordo com os senadores da CPI da Pandemia, o salário dele na Anvisa era de cerca de R$35 mil.

Santana, que presta depoimento nesta quinta-feira (26) à comissão, foi um dos participantes do encontro, que ocorreu em Brasília, quando teria sido feito o pedido de propina para a venda de 400 milhões de doses da vacina contra a covid-19 da Astrazenca para o governo federal.

Em determinado momento, quando foi questionado pela senadora Simone Tebet (MDB-MS), o ex-funcionário da Anvisa disse apenas que não se lembrava de quanto recebia por mês quando estava na Agência. Alguns minutos depois, ele passou a recorrer ao habeas corpus para permanecer em silêncio.

Leia também:

A primeira pergunta foi feita pelo presidente da comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM).

Senador Omar Aziz: Qual era o seu salário na Anvisa?

José Ricardo Santana: Eu não sei quais eram os vencimentos do cargo de Secretário-Executivo, não me recordo dos vencimentos, mas eu não fui diretor da Anvisa.

Senador Omar Aziz: Espere aí. Desculpa, senador Renan. Ele não lembra quanto ele ganhava na Anvisa. Espera aí.

Senadora Simone Tebet: Não precisa apresentar os centavos. Por alto, quanto V. Sa. ganhava? Mil, 2 mil, 3 mil, 5 mil, 10 mil? Não precisa colocar... Vamos arredondar.

José Ricardo Santa: Eu não me lembro, senadora, mas acredito...

Depois de alguns minutos, Tebet informou que o salário seria de R$35.617.

José Ricardo Santana: Eu não tive esse salário na Anvisa, senadora.

Senadora Simone Tebet: V. Sa. não era Secretário-Executivo?

José Ricardo Santana: Sim, senhora...

Senadora Simone Tebet: Da comissão?

José Ricardo Santana:... mas eu não...

Senadora Simone Tebet: Agora V. Sa. sabe pelo menos que 35 não foi. Foi 30, então, o salário?

José Ricardo Santana: Um número vultoso desse, senadora, eu não...

Simone Tebet: Líquido, vinte e...

José Ricardo Santana: Não é esse número.

Próximos depoimentos da CPI da Pandemia

Registro de uma da reuniões da CPI da Pandemia (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Registro de uma da reuniões da CPI da Pandemia (Foto: REUTERS/Adriano Machado)

Na próxima semana, o cronograma da CPI já está definido:

  • Na terça-feira (31): o ex-secretário de Saúde do DF, Francisco Araújo Filho

  • Na quarta-feira (1º): o advogado, que teria ligações com a FIB Bank, Marcos Tolentino.

  • Na quinta-feira (2): motoboy Ivanildo Gonçalves da Silva. De acordo com os relatos feitos durante as sessões da CPI, ele teria sacado R$ 4,7 milhões para a VTClog, empresa de logística que também é alvo da comissão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos