CPI da Covid: Senadores governistas pedem a saída de Renan Calheiros da relatoria

·1 minuto de leitura
Renan Calheiros
Renan Calheiros, relator da CPI da Covid (Foto: Agência Senado)
  • Senadores governistas pedem troca de Renan Calheiros da relatoria da CPI da Covid

  • Marcos do Val alegou que convidados estão "intimidados"

  • Presidente da comissão negou a saída de Renan

Senadores governistas pediram mais uma vez troca do senador Renan Calheiros (MDB-AL) da relatoria da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid no Senado.

Responsável pela indicação de Renan, o presidente da comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM) negou e afirmou que a ação de Renan tem sido republicana. "Senador Renan tem meu respeito”.

Leia também

O senador Marcos do Val (Podemos-ES) pediu a troca porque disse que convidados estão “intimidados” ao comparecer à comissão e citou os pedidos de habeas corpus apresentados ao Supremo Tribunal Federal (STF) como exemplo.

O ex-ministro da Saúde general Eduardo Pazuello comparece nesta quarta-feira (19) à CPI com um habeas corpus, que o permite ficar calado durante o questionamento dos parlamentares.

“Até outro dia, essas mesmas pessoas estavam querendo queimar o STF e agora estão recorrendo ao STF”, rebateu Omar Aziz.

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) também disse que está havendo intimidação a depoentes na CPI da Covid e afirmou que comissão é parcial nos questionamentos.

A CPI ouve nesta terça-feira (18) Ernesto Araújo, ex-ministro das Relações Exteriores sobre a política externa do governo Bolsonaro durante a pandemia da covid-19.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos