CPI da Pandemia será instalada e terá composição definida após feriado de Tiradentes

Paulo Cappelli
·1 minuto de leitura

Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) afirmou nesta sexta-feira que a CPI da Pandemia deverá ser instalada no próximo dia 22 (quinta-feira) ou no dia 27 (terça), após o feriado de Tiradentes na próxima quarta-feira (21). Em um desses dois dias, portanto, a composição da CPI será oficializada, com a escolha do presidente, do vice-presidente e do relator, junto com os outros oito membros da comissão. A votação entre os membros da CPI será secreta. O presidente, então, escolherá o relator.

Pacheco afirmou que o formato da CPI, se híbrido, remoto ou presencial, será definido pelos próprios integrantes da comissão, mas avalia que o depoimento de testemunhas, pelo caráter da incomunicabilidade com outras testemunhas, deveria ser presencial.

— Já o interrogatório daqueles investigados, as declarações de pessoas que sejam investigadas, a quem o próprio STF já reconheceu o direito inclusive de não comparecer à CPI, eventualmente se pode fazer pelo sistema virtual em razão dessa lógica constitucional do direito de não se autoincriminar — complementou o presidente do Senado.