Morte de Paulo Gustavo e brigas na CPI da Covid: as notícias da semana

CPI da Covid no Senado fecha sua primeira semana de depoimentos

A Comissão Parlamentar de Inquérito da Pandemia da Covid-19 no Senado teve, nesta semana, seus três primeiros depoimentos. Foram ouvidos os ex-ministros da Saúde Luiz Henrique Mandetta, Nelson Teich, e o atual titular Marcelo Queiroga.

Operação policial em Jacarezinho deixa 25 mortos

Na ação mais letal da história do Rio de Janeiro, 25 pessoas foram mortas, incluindo um policial civil, em uma operação contra o aliciamento de crianças e adolescentes por traficantes na favela do Jacarezinho. Moradores e entidades dos Direitos Humanos relataram invasões de casas e execuções nas residências por parte dos policiais.

Cinco pessoas são mortas em creche em Saudades (SC)

O jovem de 18 anos invadiu uma creche e assassinou a facadas cinco pessoas, na cidade de Saudades, no interior de Santa Catarina. Três crianças, com idades de até 2 anos, uma professora e uma funcionária morreram no ataque. O autor, Fabiano Kipper Mai, tentou se matar em seguida, mas foi socorrido e está internado. Ele teve a prisão preventiva decretada e será autuado por 5 homicídios triplamente qualificados e uma tentativa de homicídio triplamente qualificado.

Ator Paulo Gustavo morre aos 42 anos de Covid-19

O ator e comediante Paulo Gustavo morreu, aos 42 anos, em decorrência da covid-19, na terça-feira (4). Ele estava internado em um hospital particular do Rio de Janeiro desde o último dia 13 de março e pouco mais de 10 dias depois precisou ser sedado, intubado e monitorado na UTI. O corpo do ator e humorista foi cremado em cerimônia restrita na quinta-feira (6), no Cemitério e Crematório Alto da Colina, em Niterói.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos