CPI pede acesso a prontuário completo de morte de Anthony Wong

***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 07.10.2020 - O presidente Jair Bolsonaro, acompanhado do empresário Luciano Hang, dono da Havan, e do ministro Paulo Guedes (Economia). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 07.10.2020 - O presidente Jair Bolsonaro, acompanhado do empresário Luciano Hang, dono da Havan, e do ministro Paulo Guedes (Economia). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A CPI da Covid aprovou requerimento nesta quarta-feira (22) pedindo acesso ao prontuário médico sobre a morte de Anthony Wong.

Dossiê produzido por médicos que trabalhavam na Prevent Senior acusam a empresa de alterar prontuários médicos para ocultar eventuais problemas com o chamado tratamento precoce.

Em particular, o documento menciona os casos do médico Anthony Wong e Regina Hang, mãe do empresário bolsonarista Luciano Hang -ambos morreram de Covid-19.

A CPI pediu acesso à integra dos relatórios médicos referentes aos casos de ambos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos