CPI questionará Guedes sobre Auxílio Brasil, 'imunidade de rebanho' e relação com a Prevent Senior

·1 minuto de leitura
*ARQUIVO* BRASILIA, DF,  BRASIL,  20-05-2021, 12h00: O ministro da Economia Paulo Guedes durante entrevista à Folha em seu gabinete. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASILIA, DF, BRASIL, 20-05-2021, 12h00: O ministro da Economia Paulo Guedes durante entrevista à Folha em seu gabinete. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Os senadores da CPI da Covid aprovaram requerimento nesta quarta-feira (6) que prevê o envio de um questionário ao ministro da Economia, Paulo Guedes. As perguntas seriam uma forma alternativa de ouvir o titular da pasta, que não vai prestar depoimento à comissão.

O questionário que será enviado contém 21 perguntas.

Os senadores querem informações a respeito do valor do futuro programa social Auxílio Brasil, se haverá espaço nesse orçamento para incluir pensão para órfãos de vítimas da Covid-19 ou aposentadoria por invalidez.

Há também perguntas a respeito do entendimento do ministro e da pasta sobre a eficácia do kit Covid e sobre a tese da imunidade de rebanho.

Também é perguntado qual foi a posição do ministério sobre a medida provisória que permitiu a compra de vacinas. Depoimentos à comissão apontaram que houve resistência do Ministério da Economia, em particular à medida provisória que permitiu a compra de vacinas, como a Pfizer e Janssen.

Os senadores também questionam se o ministro e sua família se vacinaram contra a Covid-19.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos