CPMI das Fake News deve manter Bolsonaro na mira do Congresso | Matheus Pichonelli

O colunista político do Yahoo Notícias analisa a retomada dos trabalhos da CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) das Fake News.

A volta aos trabalhos da comissão deve manter o presidente Jair Bolsonaro na mira de parte do Congresso, e vai funcionar como uma nova frente de oposição uma vez que a CPI da Covid no Senado se encaminha para um fim.

O colegiado misto - formado por senadores e deputados federais - investiga uma possível rede de disseminação de notícias falsas sobre temas como a eficácia das vacinas contra o coronavírus e a existência de “tratamentos precoces”, além do uso de contas artificiais e de serviços de impulsionamento de conteúdo para divulgação de propaganda política.

Agora, as atividades de investigação, iniciadas em 2019 e paralisadas no ano passado por conta da pandemia da Covid-19, devem ser "turbinadas" com novas informações vindas dos inquéritos do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e do STF (Supremo Tribunal Federal).