Crítico do Kremlin preso, Navalny aconselha "voto inteligente" a russos nas próximas eleições

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Alexei Navalny participa de protesto em Moscou em 2020
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

MOSCOU (Reuters) - Crítico do Kremlin atualmente preso, Alexei Navalny aconselhou os russos nesta quinta-feira a participarem de uma campanha de votação tática nas eleições parlamentares do mês que vem para tentarem diminuir o domínio político do partido governista Rússia Unida.

A campanha, que pede às pessoas para votarem em candidatos específicos que se considera terem a melhor chance de derrotar o candidato da Rússia Unida em uma determinada área, é um dos últimos recursos que Navalny e seus aliados têm desde que uma repressão no verão local colocou seu movimento na ilegalidade rotulando-o de "extremista".

Seus próprios aliados estão proibidos de concorrer, e o Rússia Unida, que apoia o presidente Vladimir Putin, deve vencer a votação de 17 a 19 de setembro, apesar de uma queda prolongada de sua própria popularidade.

Mas Navalny espera reduzir a margem de vitória do Rússia Unida e lhe causar um possível constrangimento em locais como Moscou e São Petersburgo, onde o sentimento anti-Kremlin costuma ser mais claro.

"Eles declararam metade do país extremista para pegar todos os distritos eleitorais...", escreveu Navalny em uma postagem publicada no Instagram um dia antes do aniversário de um ano de seu envenenamento com o que o Ocidente disse ter sido um agente nervoso militar, algo que a Rússia desqualificou como uma campanha de difamação ocidental contra seu país.

"Eles não deixam os candidatos fortes (concorrerem) na eleição. Agora, até os que não são tão fortes estão sendo retirados da corrida --eles estão com medo do voto inteligente", disse ele, conclamando os seguidores a se inscreverem para participar.

(Por Tom Balmforth e Anton Zverev)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos