Cratera oferece risco a ciclistas e pedestres na ciclovia da Lagoa

Lucas Altino
Cratera atrapalha passagem de ciclistas na ciclovia da Lagoa

RIO - Ciclistas e frequentadores da orla da Lagoa Rodrigo de Freitas tiveram uma desagradável surpresa, nesta segunda-feira, ao se deparar com um grande buraco na pista da ciclovia, na altura da Curva do Calombo e do número 3.744. No dia 1º de dezembro, uma reportagem do GLOBO relatou os riscos presentes especificamente naquele trecho.

Na ocasião, a Secretaria de Infraestrutura e Habitação respondeu que faria uma vistoria no local. O alerta sobre as más condições da ciclovia havia sido feito pelo presidente da Associação de Moradores do Jardim Botânico, Heitor Wengmann, e pelo ciclista Raphael Pazos, fundador da Comissão de Segurança do Ciclismo da Cidade do Rio.- Não foi por falta de aviso. A gente avisa a prefeitura, mas parece que esperam realmente efetivar a queda para aí fazer uma obra emergencial. A pergunta que fica é essa, o que deve ser feito para realmente evitarem esses problemas, mesmo após os avisos ? - indaga Pazos, que também aponta outro trecho próximo com risco de queda, na ponte por cima do Canal do Jardim de Alah.