Cravista brasileira apresenta em Paris composições do imperador D. Pedro I

A cravista Rosana Lanzelotte, fundadora do portal Musica Brasilis, traz para Paris o recital "A Música da Independência", com obras de D. Pedro I e de outros musicistas importantes daquele período. O espetáculo será apresentado nesta quinta-feira (12) na Embaixada do Brasil em Paris, como parte das comemorações do bicentenário da Independência, que será festejado em 7 de setembro.

Rosana Lanzelotte dividirá a cena com Antonio Interlandi, ator brasileiro radicado há vários anos na França e que interpretará, neste recital, o imperador brasileiro. As peças, exibidas recentemente em um espetáculo semelhante no Rio de Janeiro, fazem parte do novo projeto do Musica Brasilis, que se propõe a resgatar e digitalizar 5 mil partituras de compositores brasileiros nos próximos três anos.

"É muito bom poder nesses 200 anos da Independência valorizar esse aspecto que é desconhecido do nosso imperador", diz Rosana Lanzelotte, em entrevista à RFI. Ele tocava diversos instrumentos, como piano forte, clarinete e outros instrumentos de sopro, além de cantar bem, segundo fontes da época. "D. Pedro I era um bom compositor e colocou o seu talento a favor do Brasil e de Portugal", aponta a cravista.

Ao lado das criações do imperador, que abdicou ao trono brasileiro em 1831 e retornou para Portugal, serão apresentadas obras de outros autores relevantes daquele período, como José Maurício Nunes Garcia, o mais importante compositor brasileiro do fim do século 18 e início do 19, de Marcos Portugal, organista, maestro, autor de mais de 40 óperas e obras sacras, e também do pianista austríaco Sigismund von Neukomm, professor de D. Pedro I no Rio de Janeiro.


Leia mais

Leia também:
Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo celebra polifonia musical da língua portuguesa em Paris
“Ele fez o violão ganhar dignidade”, diz filho de Baden Powell em turnê pela Europa

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos