Crea-RJ vistoria parque em São João de Meriti liberado pelo mesmo engenheiro responsável pelo Glória Center

RIO - Engenheiros da Comissão de Análise e Prevenção de Acidentes do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Rio (Crea-RJ) vistoriaram no início da tarde desta terça-feira um parque da empresa Play City Diversões Ltda, que está sendo montado no parque de exposições da Prefeitura de São João de Meriti, na Baixada Fluminense. O responsável técnico pelo projeto é o engenheiro Luis Soares Santiago, o mesmo que fez a anotação de responsabilidade técnica do parque Glória Center, em Vargem Grande, onde uma adolescente morreu no fim de semana. Santiago, que era funcionário da Play City, foi demitido nesta terça-feira, segundo um diretor da empresa.

Segundo os técnicos do Crea-RJ, a documentação do parque está em dia e os brinquedos que estão sendo montados no local estão em boas condições técnicas. No entanto, a maioria dos operários estava trabalhando sem equipamentos de segurança. Além disso, a ausência do engenheiro durante a montagem foi considerada uma falha grave.

- O responsável técnico deveria estar aqui orientando a montagem. Vimos, por exemplo, que um dos brinquedos, o Kamikaze, estava sendo montado a golpes de marreta, coisa que não aconteceria se o engenheiro estivesse acompanhando a montagem do equipamento. Um pino não pode ser fixado dessa forma. Amanhã ele dá um problema e vão dizer que a responsabilidade é do fabricante do brinquedo, quando a culpa é na verdade do montador - afirmou Luiz Antonio Cossenza, coordenador da comissão.

Diretor técnico da emprensa Play City Diversões Ltda., responsável pelo parque, Orivalde Porazza disse que o Santiago fazia parte do quadro técnico da empresa e que ele constumava acompanhar a montagem e a operação dos brinquedos. Mas, segundo o diretor, o engenheiro teria sido demitido hoje por conta do acidente no Glória Center.

- Não sabíamos que ele fazia anotações técnicas para outros parques. Por isso, nós o demitimos e estamos trazendo um engenheiro da nossa filial de Belo Horizonte para acompanhar a montagem e a operação.

Cossenza informou que o engenheiro Luiz Soares Santiago será ouvido na próxima terça-feira por uma comissão de engenheiros do Crea-RJ que investiga se houve irregularidades na postura do profissional. De acordo com o que for apurado, ele poderá ser punido com uma advertência, com a suspensão temporária de seu registro no órgão ou até mesmo com a cassação.

Carregando...

YAHOO NOTÍCIAS NO FACEBOOK

Siga o Yahoo Notícias