Crescimento do turismo espacial pode afetar camada ozônio, aponta estudo

Cientistas analisaram os dados de 103 lançamentos que aconteceram ao redor do mundo em 2019. Foto: REUTERS/Mike Blake.
Cientistas analisaram os dados de 103 lançamentos que aconteceram ao redor do mundo em 2019. Foto: REUTERS/Mike Blake.
  • Estudo projeta possíveis danos do turismo espacial para a camada de ozônio;

  • Pesquisa demonstrou que resíduos expelidos por foguetes são 500 vezes mais eficientes em conservar calor na atmosfera que outras fontes de fuligem e gases juntas;

  • Cientistas analisaram os dados de 103 lançamentos que aconteceram ao redor do mundo em 2019.

O turismo espacial está em alta. E com o crescente interesse sobre o novo negócio, algumas preocupações começam a surgir paralelamente. Um estudo recente publicado na revista Earth's Future aponta para os possíveis danos dessas viagens à camada de ozônio.

A pesquisa, realizada em conjunto pelo Colégio Universitário de Londres (UCL) com a Universidade de Cambridge e o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), descobriu que a fuligem expelida por foguetes danificam a camada de ozônio ao redor da terra e conservam calor 500 vezes mais que outras fontes do tipo.

Leia também:

Os pesquisadores analisaram os dados de 103 lançamentos que aconteceram ao redor do mundo em 2019. Observou-se também que os resíduos são expelidos diretamente na estratosfera quando ocorre o desacoplamento de etapas do foguete.

Ainda que os pesquisadores reconheçam que tais danos são pequenos atualmente, eles apontam para a necessidade de regulamentação da crescente indústria de viagens turísticas ao espaço.

Segundo a pesquisa, se o turismo espacial continuar a aumentar semanalmente é possível que o Protocolo de Montreal seja prejudicado.

O tratado, instaurado em 1987, visa ao compromisso dos países em substituir os elementos responsáveis por destruir a estratosfera.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos