Criação de vagas nos EUA deve aumentar chances de alta de juros em dezembro

Quadro com ofertas de emprego em Nevada, EUA. 02/10/2014 REUTERS/Max Whittaker

Por Lucia Mutikani WASHINGTON (Reuters) - A criação de empregos nos Estados Unidos deve ter acelerado em outubro após dois meses seguidos de ganhos fracos, com um aumento também dos salários, em uma demonstração da força que vai impulsionar as perspectivas de uma alta da taxa de juros em dezembro pelo Federal Reserve, banco central do país. A estimativa em pesquisa da Reuters é de criação de 180 mil vagas fora do setor agrícola, bem acima da média de 139 mil postos de trabalho por mês para agosto e setembro. Se a criação de vagas corresponder às expectativas, vai se somar às fortes vendas de automóveis para desenhar um cenário favorável da economia no início do quarto trimestre. Com discursos de várias autoridades do Fed, incluindo da chair, Janet Yellen, sugerindo a possibilidade de alta dos juros em dezembro, economistas dizem que a criação de vagas acima de 150 mil em outubro e novembro será suficiente para o banco central elevar a taxa referencial, atualmente perto de zero. "Não é uma grande criação de vagas, mas é respeitável e será classificada como boa o suficiente para o Fed se sentir confortável para elevar os juros", disse David Donabedian, chefe de investimento do Atlantic Trust Private Wealth Management. O Departamento do Trabalho dos EUA divulgará o relatório de emprego nesta sexta-feira, às 11h30 (horário de Brasília).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos