Criador do ‘Oculus’ cria headset RV que explode a cabeça de usuários de propósito

Criador do ‘Oculus’ cria headset RV que explode a cabeça de usuários de propósito (Foto: Getty Images)
Criador do ‘Oculus’ cria headset RV que explode a cabeça de usuários de propósito (Foto: Getty Images)
  • Palmer Luckey criou um headset de realidade virtual (RV) que mata pessoas quando elas morrem no jogo;

  • Assim que morre no jogo, três módulos explosivos explodem, “destruindo instantaneamente o cérebro do usuário”;

  • A tecnologia foi criada para comemorar os eventos do anime Sword Art Online

O criador do dispositivo Oculus da Meta , Palmer Luckey, criou um headset de realidade virtual (RV) que mata pessoas intencionalmente. Chamado de 'NerveGear', o sistema visa vincular estreitamente a vida virtual das pessoas à vida real – encerrando ambas ao mesmo tempo.

Se alguém morrer em um jogo ou experiência de realidade virtual enquanto estiver usando o headset, será morto na vida real ao mesmo tempo, disse Luckey.

Ele faz isso detectando o tom específico de vermelho que aparece quando uma pessoa morre, o que significa que os desenvolvedores podem facilmente integrar o sistema. Uma vez que esse tom aparece, três módulos explosivos explodem, “destruindo instantaneamente o cérebro do usuário”.

Luckey disse que o sistema ainda está inacabado. Ele pretende tornar impossível remover ou destruir o headset para que as pessoas fiquem presas dentro da realidade virtual.

Luckey disse que a tecnologia no momento é “apenas uma peça de arte de escritório”. Contudo, na visão dele, essa é a primeira vez que um sistema desse tipo é criado mas “não será a última”.

“A ideia de amarrar sua vida real ao seu avatar virtual sempre me fascinou – você instantaneamente eleva as apostas ao nível máximo e força as pessoas a repensar fundamentalmente como elas interagem com o mundo virtual e os jogadores dentro dele”, escreveu Luckey em a postagem do blog anunciando o 'NerveGear'.

“Gráficos aprimorados podem fazer um jogo parecer mais real, mas apenas a ameaça de consequências sérias pode fazer um jogo parecer real para você e todas as outras pessoas no jogo. Esta é uma área da mecânica de videogame que nunca foi explorada, apesar da longa história dos esportes do mundo real girando em torno de apostas semelhantes.”

A tecnologia foi criada para comemorar os eventos do anime Sword Art Online , e foi anunciada na data em que uma tecnologia fictícia semelhante é criada naquele jogo, e o nome do equipamento é retirado justamente dessa tecnologia. Em SAO , os jogadores são colocados em uma masmorra virtual e devem lutar para sair – mas se não tiverem sucesso, morrem na vida real.