Criador de 'Família Soprano' escreve nova cena para a série

Criador de "Família Soprano" (1999), David Chase escreveu uma cena inédita para os personagens da série, incluindo referências sobre a pandemia do novo coronavírus.

Os atores Michael Imperioli e Steve Schirripa, que interpretaram os papéis de Christopher Moltisanti e Bobby Bacala, leram a a nova sequência no podcast Talking Sopranos. "É a primeira vez que Chase escreve algo sobre o universo de 'Família Soprano' desde 2007", disse Schirripa, acrescentando: "E ele foi gentil o suficiente para nos deixar ler isso ao público".

Descrita por Imperioli como "algo para se gargalhar", a cena apresenta os personagens da trama — incluindo alguns que morreram ao longo da ficção — em meio a uma cômica reflexão sobre a atual crise médica global.

Numa passagem, por exemplo, AJ Soprano, filho de Tony, admite que "certa vez quis trabalhar para Trump". O próprio Tony, interpretado na série por James Gandolfini, morto em 2013, diz: "No Dia dos Pais, você contraiu poliomielite, tuberculose, ou qualquer que seja o problema, e você lidou com isso. O que aconteceu com Gary Cooper?", em referência a uma das falas mais citadas da série.

"Consigliere" do mafioso Tony e gerente do clube de strip-tease onde a família lava dinheiro, Silvio Dante ressalta: "Dissemos para as garotas (strippers) que as manteríamos na licença. As dançarinas que fazem performances nos colos dos clientes foram as primeiros a partir".

Tony descreve a loja de carne de porco de Satriale, usada como ponto de encontro da máfia, como uma "infraestrutura crítica essencial", e Adriana La Cerva refere-se à sua Síndrome do Intestino Irritável como uma "condição subjacente".

Embora deixe claro que a cena é mesmo uma brincadeira — visto que as falas não se encaixam na linguagem da canônica produção —, o escritor e roteirista David Chase adianta, porém, que está trabalhando numa extensão oficial do universo de "Família Soprano". Pré-sequência da história contada na TV, o filme "The many saints of Newark" (em tradução livre, "Os muitos santos de Newark") será estrelado pelo filho de Gandolfini, Michael, e será lançado em março de 2021.