Criador de Sopranos, David Chase diz estar furioso com lançamento de 'The Many Saints of Newark' nos cinemas e no streaming

·1 minuto de leitura

David Chase, criador de "Sopranos", uma das maiores séries televisivas de todos os tempos, revelou so site "Deadline" que não está muito satisfeito com a estratégia da WarnerMedia para o lançamento da prequel "The Many Saints of Newark". O filme, que mostrará as influências na formação do jovem Tony Soprano (interpretado pelo filho de James Gandolfini, Michael), tinha projeto original de estreiar nos cinemas. Agora estará simultaneamente na HBO Max. A data de lançamento ainda não foi divulgada.

"(Fiquei) Extremamente zangado, e ainda estou. Se um desses executivos estivesse sentado aqui e eu começasse a reclamar, eles diriam: 'Há 17 outros filmes que têm o mesmo problema. O que podemos fazer? Covid!' Bem, eu sei, mas aqueles 16 outros filmes não começaram como um programa de televisão. Eles não precisam se livrar da imagem da televisão antes de você levar as pessoas ao cinema. Mas nós precisamos. As pessoas deveriam ver em um cinema. Foi projetado para ser um filme. É lindo como um filme. Nunca pensei que voltaria à HBO. Nunca", disse Chase,que roteirizou o longa.

Dirigido por Alan Taylor, que esteve à frente da direção de vários episódios da série (ela ficou no ar entre 1999 e 2007), o filme se passa em Newark e foca na história de Dickie Moltisanti (o ator Alessandro Nivola), mentor de Tony e pai de Christopher, que, na série, é braço direito do mafioso.

No elenco, há também Vera Farmiga, como Livia Soprano, a mãe de Tony, Jon Bernthal, como o pai, e Ray Liotta, como Aldo 'Hollywood Dick' Moltisanti.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos