Criadora de conteúdo de equipe de Esports é roubada durante live

Jinny “Jinnytty” perseguiu um ladrão que roubou seu telefone durante uma transmissão nas ruas de Buenos Aires, capital da Argentina

Jinny é uma das streamers IRL mais populares do mundo, frequentemente documentando suas viagens. Foto: Reprodução/Twitch
Jinny é uma das streamers IRL mais populares do mundo, frequentemente documentando suas viagens. Foto: Reprodução/Twitch

A popular streamer coreana, Jinny “Jinnytty” perseguiu um ladrão que roubou seu telefone durante uma transmissão nas ruas de Buenos Aires, capital da Argentina.

Jinny é uma das streamers IRL mais populares do mundo, frequentemente documentando suas viagens selvagens por todo o mundo e ela se tornou uma mega estrela do Twitch no processo. Ela também é criadora de conteúdo da equipe de esports TSM.

Leia também:

A coreana fazia uma transmissão na última segunda-feira (23) , caminhando tranquilamente por ruas de Buenos Aires quando, de repente, seu telefone foi arrancado dela.

No caos, a transmissão do streamer terminou momentaneamente, mas quando ela voltou, Jinny ja estava com seu telefone de volta e explicou que perseguiu o ladrão e conseguiu alcançá-los.

“Era uma menina e um cara. Uma garota pegou meu telefone, então olhei para trás e a persegui. Ela era lenta pra c..., até eu poderia persegui-la”, explicou Jinny. “Outro cara estava me bloqueando para que eu não pudesse persegui-la, mas então empurrei o cara e corri em direção à garota”, contou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

De acordo com Jinny, a perseguição continuou no metrô, onde ela conseguiu pegar o ladrão e dizer a todos que estavam na área que a mulher havia pegado seu telefone, resultando na devolução do seu aparelho.

Com quase 900 mil seguidores na plataforma Twitch, a streamer é conhecida por fazer transmissões ao vivo caminhando por cidades pelo mundo. Na segunda-feira, Jinny desembarcou em Buenos Aires e resolveu conhecer a capital da Argentina onde passou o susto.

O fato inusitado da situação é que um pouco antes do assalto, a coreana fazia elogios a educação dos argentinos e dizia que eles eram todos eram bastante amigáveis.