Criança de cinco anos, um policial federal e outro homem foram baleados em operação que prendeu líder da milícia de Rio das Pedras, na Zona Oeste do Rio

·1 min de leitura

Uma criança de cinco anos, um policial federal e um homem de 57 anos foram baleados, na noite de terça-feira, durante uma ação da Polícia Federal, na entrada da comunidade de Rio das Pedras, na Zona Oeste do Rio. Segundo a PF, seguranças de um líder da milícia da região atiraram contra os policiais. O chefe da quadrilha foi preso. O estado de saúde do policial não foi informado, e o da criança é estável, de acordo com os policiais. Segundo o "Bom Dia Rio", da TV Globo, a terceira vítima passa por uma cirurgia.

De acordo com a PF, os agentes estavam em numa ação na comunidade quando houve o ataque. A polícia diz que os policiais não efetuaram disparos. A criança foi encaminhada para o Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, também na Zona Oeste, após ter sido baleada no tórax, e depois foi transferida para o Hospital Souza Aguiar, no Centro, segundo o "Bom Dia Rio", da TV Globo.

Além da criança, um homem de 57 anos também foi encaminhado para o Hospital Lourenço Jorge, e passa por uma cirurgia. Já o policial federal foi atingido de raspão no ombro e foi liberado em seguida, de acordo com o "Bom Dia Rio".

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que o criminoso foi levado pelos policiais. Uma mulher, segurando a criança no colo, também aparece na gravação entrando em uma viatura da polícia.

A Polícia Federal diz que peritos criminais fizeram uma perícia para apurar as circunstâncias do caso e um inquérito policial será instaurado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos