Criança come doce de maconha por engano e autoridades alertam pais sobre Halloween

·1 min de leitura

Uma criança foi hospitalizada nos EUA após ter comido, por engano, um produto à base de cannabis contendo Tetrahidrocanabinol (THC) — principal componente da maconha, responsável por causar efeitos psicoativos. O caso repercutiu no estado da Virgínia e as autoridades de saúde da região emitiram um alerta para os responsáveis por menores de idade ficarem atentos aos doces que eles pegarão no Dia das Bruxas, no próximo dia 31.

De acordo com a emissora "WSLS", a maioria das embalagens de itens comestíveis infudidos com THC destacam essa informação no rótulo, mas apesar disso, as autoridades pediram que os pais se certifiquem sobre o que seus filhos vão consumir no Halloween, como forma de prevenção.

"O tamanho da porção não é regulamentado. Todos nós sabemos que as crianças ignoram o tamanho das porções de qualquer maneira. Quando se fala sobre ter tanto (THC) numa barra, num pacote, essas crianças vão comer o pacote inteiro", afirmou Adam Neal, diretor da Coalizão de Abuso de Substâncias Juvenis da Área de Roanoke. "Só queremos ter certeza de que fiquem seguras".

Uma das características mais marcantes dessa data, é o passeio que crianças e adolescentes fazem pela vizinhança, aparecendo fantasiados e indo de porta em porta pedir guloseias, num costume que popularizou a frase: "doces ou travessuras?"

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos