Crianças arcam com o pior da pandemia de Covid, dizem estudos do Vaticano

·1 min de leitura
Crianças fazem fila para receber comida grátis distribuída por programa assistencial em favela em Manila, nas Filipinas, em meio à pandemia de Covid-19

Por Philip Pullella

CIDADE DO VATICANO (Reuters) - As crianças de todo o mundo estão arcando com o pior da pandemia de Covid-19, sendo alvo de aumentos acentuados de violência, abuso, trabalho infantil, evasão escolar e desnutrição, mostraram dois estudos do Vaticano nesta quarta-feira.

Os estudos, que se baseiam em dados acadêmicos, científicos, da Organização das Nações Unidas (ONU) e de outros materiais de consulta, foram realizados pelo escritório de desenvolvimento do Vaticano e pela Pontifícia Academia para a Vida.

"Relatos de violência, abuso e exploração de crianças aumentam acentuadamente desde que a pandemia começou. Comunidades mais pobres arcam desproporcionalmente com estas adversidades", disse um dos estudos.

Segundo eles, estima-se que até setembro mais de 5 milhões de crianças perderam um dos pais, um avô detentor da guarda ou um cuidador secundário para a pandemia --ou um pai ou cuidador a cada 12 segundos.

A pandemia reverteu uma tendência animadora de redução da pobreza, lançando 150 milhões de crianças a mais nesta condição e aumentando o número de crianças submetidas ao trabalho infantil para 160 milhões.

A insegurança alimentar crescente provocou entre seis e sete milhões de casos novos de desnutrição em crianças menores de cinco anos, o que se traduziu em cerca de 100 mil mortes por mês em 2020, 80% delas no sul da Ásia ou na África subsaariana.

A taxa de evasão escolar estava aumentando consideravelmente no sul do planeta e se estima que 10 milhões de crianças de todo o mundo podem nunca voltar às salas de aula.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos