Crianças comem doce de maconha em escola e vão parar no hospital, nos EUA

Três alunos de uma escola na comunidade de Bayside, no estado da Califórnia, foram parar no pronto-socorro devido a uma intoxicação na última quinta-feira: um colega levou o que parecia ser uma guloseima para o intervalo e era, na verdade, um doce de maconha. A escola chegou a ser evacuada por suspeita de intoxicação por monóxido de carbono mas, com o problema sendo causado por questões alimentares, os pais foram informados e os demais estudantes puderam voltar para as salas de aula.

Durante o intervalo na escola primária Jacoby Creek, um aluno da terceira série compartilhou com outros quatro colegas um doce de cannabis. Ao apresentar sintomas de intoxicação, três deles foram levados ao hospital, mas já estão de alta. A superintendente e diretora da escola, Melanie Nannizzi, confirmou ao portal "Times Standard" que os alunos estão sãos e salvos.

O Departamento de Polícia local está investigando o caso e a oficial responsável, Heidi Groszmann, passou recomendações aos pais: que mantenham os produtos de cannabis, especialmente aqueles que parecem doces, em um local seguro, longe das crianças, segundo o jornal "The Washington Post".

"Estávamos assumindo que (os comestíveis) vieram da casa de alguém", disse Groszmann ao "Times Stand".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos