Crianças são feridas após carro atropelar bloqueio golpista no interior de SP

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Duas crianças estão entre os atingidos após um motorista atropelar o grupo de manifestantes que participava de um bloqueio antidemocrático na rodovia Washington Luís, em Mirassol (SP).

De acordo com a prefeitura da cidade, o atropelamento ocorreu por volta das 16h desta quarta-feira (2), e o carro avançou sobre as pessoas que estavam no meio da pista.

Duas meninas, com 11 e 12 anos, deram entrada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) local. Além delas, quatro homens, com idades entre 36 e 54 anos, e uma mulher, de 26, também deram entrada.

Segundo a prefeitura, dois dos adultos (um homem e uma mulher) foram encaminhados para o Hospital de Base de Rio Preto, uma das crianças teve alta e a outra segue em observação na unidade de saúde.

O motorista, que teve o carro depredado pelos manifestantes, foi detido e encaminhado para a delegacia.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, a Polícia Militar Rodoviária prendeu o motorista, de 28 anos.

"O homem passava com seu veículo pelo local, mas, ao tentar ser impedido de seguir por um grupo de pessoas, acelerou o carro. Dois policiais militares rodoviários, juntamente com outras pessoas, foram atropelados."

De acordo com a SSP, ele foi abordado pelos PMs e preso em flagrante, sendo encaminhado à Delegacia de Mirassol, onde o boletim de ocorrência foi registrado. "Foi solicitada perícia para o local e o caso foi registrado como tentativa de homicídio", acrescenta a nota.

A presença de crianças nos atos golpistas que se espalharam pelo Brasil após Luiz Inácio da Silva (PT) derrotar Jair Bolsonaro (PL) no último domingo (30) não é uma exclusividade do ato em Mirassol.

No fim da tarde de terça (1º), a ida de crianças a um protesto na rodovia Castelo Branco, em Barueri (SP), fez a Polícia Militar Rodoviária de São Paulo mudar de estratégia. Para evitar confronto e possíveis vítimas, os agentes decidiram tentar liberar primeiro outros pontos da estrada.

Na avaliação de especialistas em infância e juventude ouvidos pela Folha de S.Paulo, expor os filhos a esse tipo de situação, onde há risco de violência, pode levar à perda do poder familiar, em casos extremos, e servir até mesmo como argumento em disputa da guarda.

Os atos antidemocráticos em vias do país ainda causam transtornos, mas perderam força, e o número de estados com bloqueios golpistas caiu neste terceiro dia de protestos --somavam 14 na noite desta quarta.

A PRF já aplicou quase 2.000 multas a motoristas que estão bloqueando as rodovias, em um valor que já ultrapassa R$ 18 milhões.