Criança de 4 anos morre ao ser atingida por explosivo enquanto dormia em Barretos

·1 min de leitura
Câmera registra adolescente jogando objeto em casa momentos antes de explosão que matou a menina em Barretos (SP). (Foto: Reprodução/Câmera de segurança)
Câmera registra adolescente jogando objeto em casa momentos antes de explosão que matou a menina em Barretos (SP). (Foto: Reprodução/Câmera de segurança)

A menina Aylla Manuella Ribeiro da Piedade, de 4 anos, morreu neste domingo (26), após ser atingida por um explosivo enquanto dormia. O caso aconteceu em Barretos, no interior de São Paulo.

Após a explosão, que aconteceu no sábado a tarde, os pais de Aylla a levaram para um hospital, onde ficou internada. Mas, por volta das 2h55 deste domingo (26), a criança não resistiu aos ferimentos e morreu.

Uma câmera de segurança registrou o momento em que o explosivo foi arremessado na direção da casa da família. Nas imagens é possível ver um jovem, identificado como um adolescente de 14 anos, jogando o objeto.

A suspeita é que o artefato passou por cima do muro da casa e entrou no quarto pela janela, onde foi parar no colchão em que a criança estava.

Leia também

Depois da explosão, moradores saem desesperados do interior da casa, tentando entender o que havia acontecido. Em um dos momentos, no vídeo da câmera de segurança, é possível ver a criança desacordada no colo de um deles.

Conforme o boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), o suspeito teve a casa incendiada por moradores revoltados com a morte da menina.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos