Criança de 7 anos salva vida de mulher de 75 perdida na selva

Criança salvou idosa em floresta tropical (Getty Images)
Criança salvou idosa em floresta tropical (Getty Images)

Uma criança de 7 anos salvou, no último fim de semana, a vida de uma aposentada que estava desaparecida após entrar em uma floresta na Tailândia. Barbara Elisabeth Monika Glag Lange foi vista pela última vez no dia 9 saindo de um quarto no Maikhao Palm Beach Resort, na ilha de Phuket, onde estava hospedada.

Não foi a polícia ou equipes de resgate que encontraram Bárbara, mas um menino que vive em uma aldeia nas montanhas. Ele estava andando pela selva e avistou a idosa na floresta densa. Ele voltou correndo para casa e contou o que havia visto aos pais. A polícia foi chamada, e Barbara foi encontrada com vida na tarde de hoje. Ela estava caída sobre um riacho, exausta. A polícia indonésia acredita que ela tenha bebido água dos riachos das montanhas para sobreviver e se refrescar na água - já que as temperaturas chegaram a 35º C durante o dia.

O tenente-coronel Ekachai Siri, da Polícia Turística de Phuket, confirmou ao site Bangkok Today que Barbara foi encontrada viva. Ele disse que os grupos de resgate acreditavam que ela estaria vagando entre duas praias e dormindo na selva. "A turista está segura e passa bem. Ela foi levada ao hospital para exames de saúde. Um intérprete alemão conversará com ela para sabermos o que aconteceu", disse Siri. "Quando a encontramos, ela estava deitada na água. Acredito que isso a ajudou a se refrescar enquanto estava quente durante o dia."

Uma aposentada que estava desaparecida foi encontrada viva depois de passar sete noites perdida em uma selva na Tailândia.

Após dias de buscas, que envolveram funcionários do parque, voluntários, polícia e até a Marinha do país, a turista de nacionalidade alemã foi encontrada com vida no Parque Nacional Sirinat, por um garoto, que mora na localidade.

Para encontrar a idosa, a polícia trabalhava com a única pista que tinha: antes de deixar o hotel, Barbara Elisabeth Monika Glag Lange havia dito a um hóspede que estava saindo para uma caminhada em direção a uma casa em uma montanha próxima.

A polícia disse que Barbara deixou seu quarto no hotel por volta das 8h. Ela foi flagrada por câmeras de monitoramento do hotel saindo de seu quarto, antes de caminhar por uma estrada próxima em direção à floresta.

A aposentada saiu do hotel sem carregar água ou comida, segundo testemunhas. Os grupos de busca contaram com helicópteros para sobrevoar a floresta, conhecida por ser infestada de cobras venenosas lagartos e animais selvagens perigosos.

Dezenas de funcionários também se juntaram aos trabalhos de resgate de Barbara, vasculhando florestas e praias e entrevistando centenas de moradores e turistas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos