Criança de dois anos bloqueia iPhone por 47 anos

Reprodução

Se você tem um iPhone, sabe que tentar desbloquear a tela com a senha errada seis vezes, deverá esperar um minuto para tentar novamente o código. Nesse caso, a ter paciência é a melhor opção, já que, quando mais erros, maior o tempo para uma nova tentativa.

Uma moradora de Xangai, na China, descobriu os limites do sistema à força. Depois de deixar seu celular com seu filho de dois anos para que ele assistisse a alguns vídeos, ela percebeu que a tela exibia a mensagem de erro de senha. O problema foi o tempo de espera para que o aparelho voltasse a funcionar: 47 anos, 4 meses, 2 semanas, 1 dia, 8 horas e 2 minutos.

De acordo com o jornal South China Morning Post, o aparelho “travou” em janeiro. A mulher decidiu esperar dois meses para ver se algo acontecia, mas contador permanece ativo. Se não quiser esperar meio século, a chinesa terá que formatar o iPhone, perdendo todas as informações que não foram salvas.

Esse não é o primeiro caso de bloqueio de dispositivos da Apple por longos períodos. Segundo a companhia, alguns dispositivos já ficaram travados por 80 anos.