Criança luta com bandido e salva mãe de ataque após casa ser invadida no DF

Criança ficou ferida após salvar a mãe - Foto: Reprodução/TV Globo
Criança ficou ferida após salvar a mãe - Foto: Reprodução/TV Globo
  • Criança salva a própria mãe após ataque de criminoso na casa onde vivem em São Sebastião-DF

  • Garoto de 12 anos entrou em luta corporal com o bandido após ver a mãe sendo enforcada

  • O suspeito foi preso e disse que foi enviado ao local para matar a mulher a mando do ex-marido dela

Um garoto de apenas 12 anos salvou a própria mãe do ataque de um criminoso após a casa da família ser invadida em São Sebastião, no Distrito Federal, na manhã da última terça-feira (20).

O crime aconteceu por volta das 6h30, quando a mulher passava café na cozinha da residência. Um homem armado com uma faca forçou a entrada no local e só foi parado após entrar em luta corporal com a criança.

"Graças a Deus, ele (filho) me salvou. Ele é um herói", declarou a mãe em entrevista à TV Globo.

A vítima contou que o filho ainda estava dormindo quando avistou o bandido com rosto coberto já dentro do terreno, indo em sua direção. Ela começou a gritar, mas foi empurrada pelo suspeito e caiu no sofá.

O criminoso começou a sufocá-la, momento no qual o garoto apareceu, pulou nas costas do homem e impediu que ele matasse a mulher. Os dois começaram a brigar, e a criança também foi agredida, mas a mãe aproveitou o momento para buscar ajuda com os vizinhos.

"Comecei a gritar socorro, bati na porta, bati na janela e gritei", lembrou a mulher.

Criminoso agiu a mando do ex-marido

Os vizinhos conseguiram chamar a polícia, que foi rapidamente ao local e deteve o criminoso. Em depoimento, ele afirmou que agiu a mando do ex-marido da vítima.

A mulher contou que foi casada por 28 anos, mas está separada há quatro meses. O ex-companheiro não teria aceitado o término e, por isso, encomendou o crime.

O suspeito foi preso e levado para uma delegacia da região. Já a mulher e o filho sofreram ferimentos leves, foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e passam bem.