Criança que morreu enforcada em gol foi deixada sozinha, mostram câmeras de segurança

Ceu Meninos, na Zona Sul de São Paulo, onde uma criança de menos de dois anos morreu — Foto: Reprodução
Ceu Meninos, na Zona Sul de São Paulo, onde uma criança de menos de dois anos morreu — Foto: Reprodução
  • Vítima morreu em CEU na zona Sul de São Paulo

  • Bebê estava em atividade na área externa com 30 crianças e 5 professores

  • Polícia investiga se houve homicídio culposo

Câmeras de segurança revelaram mais detalhes sobre o dia da em que um menino morreu enroscado na rede de um gol de futebol em uma escola. Imagens mostram Enrico Braga Souza, de 1 ano e 7 meses, andando sozinho pelo campo de futebol do CEU (Centro Educacional Unificado) Meninos, no Sacomã, zona sul de São Paulo.

O caso aconteceu nesta quarta-feira (31). Segundo a diretoria da escola, o menino participava de uma atividade na parte externa da escola com 30 alunos, quando se afastou e nenhum dos cinco professores percebeu. As informações são do portal R7.

Agora, a polícia investiga se o caso se trata de homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

"Foram requisitados exames, perícias, aí nós vamos confrontar com o material que obtivemos para termos certeza do que realmente aconteceu e poder apontar o que, de fato, houve", disse o delegado Douglas Dias Torres, responsável pelo caso.

Para a família, há dúvidas sobre a circunstância da morte. "Houve negligência e irresponsabilidade", disse Rodrigo Pereira, o tio do bebê, à Record TV.

Relembre o caso

A Prefeitura de São Paulo, informou em nota, que abriu em caráter prioritário, uma apuração para verificar as circunstâncias do caso. O município afirmou ainda que irá abrir um boletim de ocorrência do caso.

Ainda de acordo com a Secretaria Municipal da Educação (SME), o menino foi levado para a Unidade Básica de Saúde (UBS) Jardim Seckler, onde recebeu os primeiros socorros e foram realizadas tentativas de reanimação. Em seguida, foi transferido para a AMA Sacomã, mas a morte foi confirmada no local.

"A criança foi atendida por uma equipe de urgência, que fez todos os procedimentos necessários para tentar reanimá-la de uma parada cardiorrespiratória, infelizmente sem êxito. O atendimento teve início na UBS Jardim Seckler, onde foram feitos os primeiros socorros, com tentativa de reanimação do paciente, e imediata transferência para a AMA Sacomã", afirma o documento.

Após o incidente, a SME, suspendeu todas as atividades das unidades do CEU na tarde desta terça. As aulas retornam na sexta-feira (2), com exceção do Centro de Educação Infantil (CEI) Meninos, que retomará as atividades na próxima segunda-feira (5).