Crise com a China, Irã, Covid e eleições legislativas: veja os grandes desafios de Biden para 2022

·1 min de leitura

O governo norte-americano entra no novo ano tendo pela frente os problemas que ficaram de 2021, além de novos desafios evidentes e graves para 2022. Mais uma vez, a pandemia que parecia estar sob controle ressurge: a variante ômicron voltou a lotar hospitais, devido à importante parcela da população norte-americana não vacinada, e coloca a economia em risco, provocando um tsunami de incertezas.

Thiago de Aragão, analista político

O ano promete não ser fácil para o presidente norte-americano. Em novembro, os EUA viverão suas eleições legislativas. O presidente corre um risco real de perder sua maioria no Senado e, assim, ter seu governo enfraquecido. Além dos problemas domésticos, o governo norte-americano vive um momento de instabilidade internacional como há muito não se via.

A crise entre Rússia e Ucrânia se intensifica quase que diariamente. O anúncio nesse fim de semana de que a Finlândia cogita avançar suas negociações para ingressar na OTAN, fez com que o governo do presidente Vladimir Putin afirmasse que uma adesão da Finlândia (e Suécia) obrigaria a Rússia a tomar ações “políticas e militares”.

Essa crise na Europa coloca uma enorme pressão nos EUA para que os aliados da Otan adotem um posicionamento uníssono capaz de solucionar a crise no Leste da Europa de uma forma diplomática que não envolva um trágico conflito militar.

Um outro tema não tão imediato, mas potencialmente mais perigoso e impactante, é a crise no Mar do Sul da China e o risco de invasão chinesa a Taiwan.


Leia mais

Leia também:
Biden reduz pacote social e ambiental à metade do valor para vencer resistência do Congresso
Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia
Macron e Biden se encontram em Roma pela primeira vez após crise dos submarinos

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos