Crise na fronteira

A União Europeia afirmou nesta sexta-feira que foram registrados 'progressos' para frear o fluxo de migrantes na fronteira entre Belarus e Polônia. Mas o ACNUR alertou que cerca de 2.000 pessoas estão em condições críticas na região.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos