A crise na UERJ

A Universidade Estadual do Rio de Janeiro vive uma crise sem precedentes. Professores estão com os salários atrasados, não há manutenção e o início das aulas, que foi adiado cinco vezes, tem uma nova data: a próxima segunda-feira.