Crise no transporte aéreo europeu deve resultar em caos nos aeroportos durante férias de verão

© REUTERS - SARAH MEYSSONNIER

Os jornais franceses desta sexta-feira (1°) destacam a greve nos aeroportos de Paris e a crise no transporte aéreo europeu. O setor tem dificuldades para se reorganizar, após ter sido um dos mais atingidos pela pandemia de Covid-19, o que deve resultar em caos nos aeroportos durante as férias de verão no hemisfério norte, que começam neste fim de semana.

Alegando degradação das condições de trabalho e salários baixos, sindicatos de agentes aeroportuários convocaram greve a partir desta sexta-feira, no primeiro fim de semana de férias de verão na França. De acordo com o jornal Libération, o setor da aviação, que demitiu massivamente durante a crise da Covid-19, agora tem dificuldades de contratar e está desfalcado, diante do aumento de mais de 200% de viajantes, em relação ao período da pandemia.

"Uma grande bagunça", diz a manchete do jornal que prevê um cenário digno de um pesadelo nos aeroportos da Europa neste verão, com voos cancelados em série, filas de espera de várias horas, bagagens extraviadas e aviões que não podem decolar por falta de controladores aéreos.

"Pensávamos que a pandemia era o pior momento da aviação, mas talvez ela tenha sido apenas o sinal de aviso para uma grande reestruturação do setor", diz o diário.

Verão turbulento

Libération lembra que além dos Aeroportos de Paris, uma greve foi votada pelo pessoal de solo da British Airways no Aeroporto de Heathrow, na Inglaterra e a companhia britânica low-cost Ryanair está em conflito em vários países europeus.

"Um verão de turbulências", diz o jornal Le Parisien, indicando que a greve nos aeroportos da capital francesa causarão o cancelamento de 17% dos voos em Charles de Gaulle e Orly, entre 7h e 14h desta sexta-feira.

A publicação explica que as companhias aéreas tem o direito de decidir quando avisar os passageiros que o voo foi cancelado – o que pode acontecer meses ou minutos antes da decolagem, dependendo da empresa –, mas elas são obrigadas a reembolsar os viajantes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos