Crise no Twitter: veja foto de funcionária dormindo na sede da empresa

Twitter: Foto mostra a diretora de gerenciamento de produtos dormindo no escritório da empresa em vez de ir para casa (Jakub Porzycki/NurPhoto via Getty Images)
Twitter: Foto mostra a diretora de gerenciamento de produtos dormindo no escritório da empresa em vez de ir para casa (Jakub Porzycki/NurPhoto via Getty Images)
  • Twitter: Após compra, Elon Musk anunciou mudanças na rede social e impôs prazos apertados;

  • O bilionário afirmou também que irá demitir metade dos funcionários do Twitter

  • Musk quer diminuir custos e aumentar a receita da empresa de maneira rápida.

Um funcionário do Twitter compartilhou uma foto na rede social mostrando sua chefe dormindo no chão do escritório para cumprir os novos prazos estabelecidos por Elon Musk, que se tornou CEO e único membro do conselho de administração da empresa na última semana.

A foto mostra Ester Crawford, diretora de gerenciamento de produtos da plataforma, usando uma máscara para os olhos e dormindo em um saco de dormir em cima de um colchonete. Evan Jones, o funcionário que compartilhou a imagem, colocou a seguinte legenda: "Quando você precisa de algo do seu chefe no Twitter de Elon Musk".

Tuitada às 2 da manhã desta quarta-feira (02), a imagem dá a entender que Jones precisava buscar algo do trabalho com sua chefe e a encontrou dormindo no escritório, ao invés de ir para casa. Em resposta, Crawford compartilhou a imagem e ainda comentou: "Quando sua equipe está se esforçando o tempo todo para cumprir prazos, às vezes você #DormeOndeVocêTrabalha".

Não está claro onde a foto foi tirada. O perfil de Jones diz que ele vive em Nova York, enquanto o de Crawford aponta que ela mora em Los Angeles, e o Twitter tem escritórios por todos os Estados Unidos.

Desde que assumiu a empresa, Elon Musk vem anunciando grandes mudanças na rede social e impondo prazos apertados para que elas se realizem. Musk também já anunciou que irá demitir pelo menos metade dos funcionários da empresa, o que serve como uma forma de intimidar os funcionários a trabalharem ainda mais.

Uma mensagem interna da empresa enviada à equipe do Twitter que está lidando com a reformulação do processo de verificação e autenticação de usuários, o famoso selo azul, afirma que a empresa espera que eles trabalhem "24 horas por dia, 7 dias por semana".

Crawford, a funcionária fotografada dormindo no escritório, tuitou na terça-feira passada que "muito orgulhosa" dos esforços no Twitter "para mudar rapidamente de marcha e dar vida a essa nova visão".