Cristiana Lôbo, jornalista da Globo, morre aos 63 anos

·2 min de leitura
Cristiana Lôbo foi jornalista durante 30 anos e era comentarista política d aGloboNews e do portal g1 (Foto: Reprodução/GloboNews)
Cristiana Lôbo foi jornalista durante 30 anos e era comentarista política da GloboNews e do portal g1 (Foto: Reprodução/GloboNews)
  • Cristiana Lôbo, jornalista do grupo Globo, morreu aos 63 anos

  • Comentarista política tratava um câncer chamado mieloma múltiplo

  • Cristiana Lôbo tinha 30 anos de profissão, com passagens pelo jornal O Globo, O Estado de S. Paulo, GloboNews e g1

A jornalista Cristiana Lôbo, comentarista de política da GloboNews e do portal g1, morreu nesta quinta-feira (11), aos 63 anos. Segundo informações divulgadas pela própria Rede Globo, a jornalista enfrentava um mieloma múltiplo, tratado há anos. 

Nos últimos dias, o quadro foi agravado por uma pneumonia. Cristiana Lôbo estava internada no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. O mieloma múltiplo é um câncer de um tipo de células da medula óssea.A jornalista estava afastada do dia a dia da GloboNews e também do g1. 

Em junho, espectadores notaram que Cristiana Lôbo estava ausente e questionaram a falta dela na programação do canal. Na ocasião, ela usou as redes sociais para dizer que estava em tratamento de saúde e agradeceu pelo carinho e preocupação.

Emocionada, a colega de GloboNews Leilane Neubarth noticiou a morte de Cristiana Lôbo. "Nós estamos todos sofrendo muito aqui, está muito difícil fazer jornal nesse dia, mas a gente vai seguir, em homenagem a ela", disse Leilane. 

Cristiana Lôbo trabalhou no jornal O Globo, no Estado de S. Paulo e chegou à GloboNews em 1997. Nas redes sociais, colegas de emissora e amigos lamentaram a morte de Cristiana. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos