Cristiano Ronaldo é removido do grupo de Whatsapp do United, segundo jornal

O clima entre Cristiano Ronaldo e os jogadores do Manchester United não é dos melhores. A prova disso é que depois da entrevista polêmica ao jornalista Piers Morgan, no último domingo, o português de 37 anos foi removido do grupo de Whatsapp dos jogadores do Red Devils, segundo o jornal espanhol Sport.

O zagueiro Harry Maguire e o volante Scott McTominay são os administradores do grupo e foram os responsáveis por excluir Cristiano Ronaldo do grupo de comunicação dos atletas do clube inglês. O fato cresce ainda mais com os rumores de uma possível saída de CR7 do Manchester United.

Na última segunda-feira, a Federação Portuguesa de Futebol divulgou um vídeo da chegada dos jogadores para a Copa do Mundo e o encontro entre Cristiano Ronaldo e Bruno Fernandes, companheiros no Manchester United, foi considerado “frio” entre os portugueses.

Recentemente, o técnico Erik ten Hag se reuniu com o copresidente Joel Glazer, o presidente-executivo Richard Arnold e o diretor de futebol John Murtough, na última segunda-feira, para debater as consequências que Cristiano Ronaldo teria por disparar uma série de críticas ao clube e ao treinador. E, de acordo com a ESPN, o holandês não quer que o gajo atue mais pelo United.