Cristiano Ronaldo diz que número de seguidores tem a ver com sua beleza: 'Sou a fruta que querem morder'

A primeira parte da bombástica entrevista de Cristiano Ronaldo ao jornalista Piers Morgan, que teve prévias divulgadas ao longo da semana, foi transmitida na íntegra na quarta-feira, no Reino Unido. Na conversa, o gajo mostrou que está mesmo sem papas na língua: aos 37 anos, não teve dúvidas ao dizer que o carisma e a beleza o ajudam a garantir o alto número de seguidores no Instagram.

— É bom, tenho orgulho, significa que as pessoas gostam de mim e não apenas pelo futebol. Ser bonito ajuda. Sou carismático, sou a fruta que as pessoas querem morder — disparou o craque.

CR7 é a pessoa mais seguida no mundo na rede social, com 492 milhões de pessoas o acompanhando. Logo atrás vem seu principal rival nos gramados, o argentino Lionel Messi, com 373 milhões.

O português, que já esta com a seleção para a disputa da Copa do Mundo do Catar, falou longamente sobre as críticas que recebe. Disparou contra a imprensa e falou em "inveja".

— É fácil apontar o dedo para o Cristiano para esconder outros problemas, todos sabem que me querem na primeira página dos jornais. Vão vender mais, o interesse será outro. Estou acostumado com isso, tenho 37 anos, aprendi muito. Quando está no topo, não repara em algumas coisas. Por isso gosto de ter fases ruins, para ver quem está do meu lado e quem quer criticar. As pessoas só querem trazer negativismo e os últimos quatro meses (foram complicados). Não percebo por que tantas críticas, até da imprensa portuguesa. Não entendo, mas acredito que seja inveja.