Cristiano Ronaldo não vai se aposentar até bater os 1281 gols de Pelé, diz ex-companheiro

Aos 35 anos, Cristiano Ronaldo mantém uma ótima forma física, e acumula 725 gols como profissional. Segundo o seu ex-companheiro de clube Gary Neville, o português só deve se aposentar quando superar a marca de Pelé.

O "Rei do Futebol" tem 1.281 gols em 1.363 jogos, e Neville acredita que a obsessão de Cristiano por ser considerado o maior jogador de todos os tempos significa que ele tentará derrubar Pelé.

Em entrevista à Sky Sports, o ex-Manchester United falou sobre os objetivos profissionais de CR7:

— É uma obsessão absoluta em marcar gols, dedicando-se todos os dias, sendo o melhor que ele pode ser. Acho que ele elevou seu profissionalismo todos os anos e progrediu. Não tenho dúvidas de que ele quer chegar perto dos 40 anos, e acho que ele [Ronaldo] tem um plano para assumir o recorde de Pelé. Ele quer ser o maior de todos os tempos e esse é o seu único objetivo — disse Neville.

Cristiano Ronaldo acaba de voltar à Torino para retomar os treinos na Juventus. O atacante ficou recluso na Ilha da Madeira, em Portugal durante a quarentena, mas manteve o foco e a rotina de treinos.