Cristiano Ronaldo: "Se vencer a Copa do Mundo, me aposento"

Cristiano Ronaldo durante jogo entre Portugal e Espanha na Nations League (Foto: Octavio Passos/Getty Images)
Cristiano Ronaldo durante jogo entre Portugal e Espanha na Nations League (Foto: Octavio Passos/Getty Images)

Os trechos das entrevistas de Cristiano Ronaldo ao programa Piers Morgan Uncensored, da TV Britânica, vem rendendo trechos importantes que ajudam a entender a crise que o jogador português vive com o Manchester United, time que voltou a defender no ano passado.

Para além de declarações explosivas, CR7 também falou de momentos importantes da carreira e da própria vida, como quando perdeu um dos filhos gêmeos no meio do ano. Um dos assuntos que ele tratou, na entrevista que foi ao ar na tarde desta quinta-feira (17), foi a Copa do Mundo e suas expectativas para o torneio, elencando os times mais fortes e as chances de Portugal.

Leia também:

Sobre Portugal, inclusive, Cristiano deixou no ar uma possível aposentadoria caso fosse campeão do torneio.

“Estou muito otimista. Temos um treinador fantástico, temos uma boa geração de jogadores de futebol. Estou ansioso para fazer uma Copa do Mundo incrível ... [Vai] ser difícil. Extremamente difícil. Mas tudo é possível. Mas é claro que vamos competir", começou.

Ele disse, ainda, que França, Espanha, Argentina, Alemanha e Brasil são os grandes times a serem batidos, mas também garantiu que, caso ajude Portugal a conquistar o título, se aposentará: "Sim. Aposentado. 100%", resumiu.

No entanto, em outro trecho da entrevista, o português disse que pretende jogar por dois ou três anos, encerrando a carreira aos 40.

“Quero jogar mais dois anos, mais três anos. Então, dois ou três anos no máximo. Quero terminar com 40. Acho que 40, vai ser uma boa idade... Mas não sei, não sei o futuro. Às vezes você planeja uma coisa para a sua vida e como já disse várias vezes, a vida é dinâmica. E você nunca sabe o que vai acontecer", admitiu.